Endereço: Av. Adhemar de Barros, 1.347

Sala 27 B - CEP 11.430.003

Telefone: (13) 99716-5052

Email: jornaldacidadelitoral@gmail.com

contato

ECONOMIA DA CÂMARA GARANTE UPA PARA ITAPEMA

October 25, 2019

O presidente Edilson Dias e o prefeito Válter Suman concordaram em usar a verba para a saúde de Vicente de Carvalho.

 

Em entrevista exclusiva ao Jornal da Cidade, o presidente da Câmara de Guarujá, Edilson Dias, anunciou em primeira mão, que dos R$ 6 milhões economizados e que serão devolvidos à Prefeitura de Guarujá, no final do exercício desse ano – 2019, R$ 4 milhões serão destinados à construção de uma nova unidade de pronto atendimento em Vicente de Carvalho.
Segundo Edilson, já há um acordo entre Legislativo e Executivo para que o recurso seja destinado para construção da UPA, numa área localizada no cruzamento da Avenida Santos Dumont, com a Avenida Guarujá – Vicente de Carvalho. A nova unidade terá três pavimentos e substituirá a unidade que fica atualmente na Rua São João.
“A proposta é construir uma UPA que atenda com qualidade a população de Vicente de Carvalho e substitua a unidade da São João que vem trabalhando de forma precária há tempos. Porém a unidade somente será fechada quando a nova estiver funcionando. O prédio será repassado ao Estado para a ampliação do Hospital Emílio Ribas” explicou o presidente da Câmara.
Ainda de acordo com ele com orçamento garantido, a previsão é que a obra comece no início de 2020 e a unidade seja entregue no meio do mesmo ano.
A economicidade promovida pelo Legislativo nos últimos anos também já garantiu recursos para as entidades assistenciais como CRPI, APAE, APAAG e Instituto Evolução. Assim como para a área de segurança. Conforme Edilson Dias, parte do armamento da Guarda Civil Municipal – GCM, além de equipamentos, foram adquiridos com verbas devolvidas para a Prefeitura.
“Este ano nos comprometemos a destinar também verba para a Diretoria de Trânsito para adquirir um veículo e duas motos” disse o vereador. 

 

Fila da Balsa e City
Durante a entrevista exclusiva, Edilson Dias falou sobre a lei aprovada, que determina que o usuário do sistema de travessia das balsas espere apenas 15 minutos na fila, sob o risco da empresa ter que pagar multa pela demora.
“Há uma liminar que suspendeu a lei, mas o Legislativo pretende reverter, assim como ocorreu com a lei que determina que os clientes esperem na fila das instituições bancárias, por apenas 15 minutos, que está em vigor. Ambas as leis estão baseadas no Código de Defesa do Consumidor”, explicou.
O presidente da Câmara também esclareceu que o Legislativo está revendo o contrato da empresa de transporte público - a City, para saber se está sendo cumprido os prazos e as intervenções previstas.
“A empresa é responsável, com recursos próprios, pela recuperação asfáltica nos principais corredores: Santos Dumont, Adhemar de Barros e Don Pedro, assim como adequações dos terminais e canteiros centrais. Estamos analisando o contrato e os prazos. Vamos acompanhar e cobrar se necessário”, concluiu. 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload