Endereço: Av. Adhemar de Barros, 1.347

Sala 27 B - CEP 11.430.003

Telefone: (13) 99716-5052

Email: jornaldacidadelitoral@gmail.com

contato

PREFEITO VÁLTER SUMAN REALIZA BALANÇO DE 2018 E APRESENTA PROPOSTAS PARA O PRÓXIMO ANO

December 4, 2018

 

 

 

O Jornal da Cidade entrevistou, com exclusividade, o prefeito Válter Suman que falou sobre o empenho da Administração Municipal para cumprir as propostas do seu plano de governo e ainda recuperar a credibilidade e desenvolvimento de Guarujá e Vicente de Carvalho.

No primeiro ano de mandato, a marca do prefeito foi implantar seu modelo de gestão e neste segundo ano, Suman vem buscando parcerias e apoio para os investimentos necessários na saúde, educação, segurança pública e demais áreas, visto que a gestão anterior deixou dívidas astronômicas e a Cidade não possuía nem o básico: zeladoria.

Só nesta semana, o prefeito esteve Brasília visitando os Ministérios da Educação, Esporte e Turismo. Além do Ministério da Saúde, onde Suman pediu agilidade na substituição dos médicos cubanos que deixaram seus postos no Município. 

 

JDC - Prefeito o senhor ficou emocionado na entrega da nova unidade do SIAD, qual a importância do serviço na sua trajetória profissional e política?

VS - Falar sobre o Serviço de Internação e Assistência Domiciliar me emociona essa foi uma idealização minha, que resultou em mais de uma década dedicada ao serviço. Na época, 1999, eu era diretor técnico do Hospital Santo Amaro e procurava uma alternativa para reduzir o número de pacientes com doenças crônicas hospitalizadas. Foram quase 13 anos visitando essas famílias e presenciando realidades terríveis. Não tem como não se indignar vendo aquilo, e essa foi uma das razões que me fizeram entrar para a política. A nova sede tem seis salas, o que inclui as de atendimento em assistência social e nutrição, administrativo, de enfermagem.  

 

 

JDC - Ainda na Saúde, em 2018 quais outras conquistas favoreceram a população? 

VS - Entregamos uma unidade de pronto atendimento infantil em Vicente de Carvalho. Conseguimos assim atender a reivindicação dos pais moradores em nosso Distrito. Um gargalo na saúde guarujaense também recebeu atenção especial, mudamos e reestruturamos totalmente o PAM da Rodoviária. Implantamos uma sala de pequenas cirurgias na unidade.

Além disso, o Programa Docinhos - programa voltado a diabetes e obesidade infanto-juvenil ganhou nova unidade.

Outra importante ação foi a carreta da mamografia que resultou no aumento de 30% desse exame, zerando a fila de espera. Nosso próximo passo será a inauguração do Instituto da Mulher, o local concentrará serviços de saúde da mulher.

 

JDC – Quais outras reivindicações foram atendidas na Saúde?

VS - Guarujá recebeu seis novas ambulâncias este ano, alcançando no total 13 veículos no SAMU e oito no transporte sanitário e remoção. Reabrimos o serviço odontológico no PS de Vicente de Carvalho. O estoque de medicamentos hoje chega a quase 100% na rede municipal. Concluímos a reforma do Hospital Willian Rocha no Itapema, implantamos a classificação e risco na UPA Enseada. Enfim investir na saúde é uma necessidade constante e continua.

 

JDC - O Município teve o melhor desempenho no IDEB dos últimos 12 anos. o que foi feito para isso acontecer?

VS – Depois de cinco anos e com todos os esforços realizados, a Prefeitura voltou a entregar aos estudantes os uniformes. Essa era uma meta pessoal minha, conseguir entregar uniformes de qualidade para os estudantes. Aumentamos o número de vagas em creche, para atender mais 500 crianças.

Entregamos seis bibliotecas entre 2017 e 2018. Reformamos quatro unidades educacionais e, pela primeira vez desde 2006, trocamos mesas e cadeiras das unidades escolares.

Conseguimos economizar R$2,3 milhões, com o novo contrato da empresa especializada na preparação de alimentação escolar.

 

JDC – E quanto aos cursos profissionalizantes?

VS – Usamos os CAECs para promover diversas parcerias e assim abrir um leque de cursos de qualificação. Precisamos preparar as pessoas para as exigências do mercado de trabalho. Em 2018, formamos 146 alunos do Programa Via Rápida Emprego, parceria da Prefeitura com o Governo do Estado.

 

JDC - Este ano a reforma administrativa resultou na junção entre Educação e Esporte.  Qual motivo?

VS – Essa foi uma integração positiva, nossa proposta é fortalecer o Esporte com mais investimentos, promover eventos e apoiar os atletas. Ao todo 379 esportistas foram contemplados com a assinatura do Programa Incentivo ao Esporte.  Inauguramos uma escola de Vela, Remo e Canoagem e o espaço de Beach Tennis na Enseada. Firmamos um convênio que visa a criação do Centro de Formação Esportiva em Guarujá.

Abrimos núcleos esportivos em diversos bairros disponibilizando atividades esportivas gratuitas. Também entregamos em Morrinhos, uma Academia ao Ar Livre.

 

JDC – Na área ambiental, como a Prefeitura vem conciliando desenvolvimento e sustentabilidade?

VS – A secretaria de Meio Ambiente vem desenvolvendo um trabalho comprometido com a sustentabilidade. Além da Bandeira Azul hasteada pelo nono ano, conquistamos a certificação Bandeira Verde às escolas Vereador Ary da Silva Souza e Lúcia Flora dos Santos. São as duas primeiras escolas públicas do Brasil a receber a certificação.

Entregamos mais duas estações de sustentabilidade: no Santo Antônio e Santa Rosa.

Criamos novo procedimento de logística reversa, por meio de dois decretos: plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos e também no que se refere à gestão de resíduos de grandes geradores.

 

JDC – A área social teve mudanças e troca de secretários. Por isso, a secretaria teve um processo de transição, o que foi realizado em 2018?

VS – Precisamos ressaltar que estamos em busca de convênios e parcerias para investir na área social. O Fundo Social de Solidariedade vem sendo um equipamento importante para concretizar o trabalho voltado ao resgate da cidadania.

Promovemos o recâmbio de quase 200 pessoas em situação de rua para suas cidades de origem. Abrimos 2.500 vagas, em 33 cursos de capacitação profissional para a população atendida nos serviços socioassistenciais.

 

JDC – Qual a importância da atuação do Fundo Social para famílias carentes?

VS – Só tenho a exaltar o trabalho da minha companheira Edna à frente do Fundo Social e sua importância e apoio nas ações sociais do Município. O Fundo Social conseguiu trazer o The Black Circus – O Circo Gratuito. Integramos o programa do Estado “Natal EsPETacular”, que visa reaproveitar garrafas pets e utilizar na decoração de Natal do Município. O curso Padaria Artesanal está no seu segundo ano e vem ganhando destaque no Estado, e ainda ampliamos os números de cursos de qualificação em mais de 300 vagas. O Fundo Social também inaugurou a primeira Oficina Itinerante, no Caec Márcia Regina; retornou com o Baile da Cidade e o mais importante: restaurou o espírito de solidariedade na Cidade.

 

JDC – Sua gestão encontrou Guarujá sucateado pela gestão anterior, sem serviços de infraestrutura, manutenção e zeladoria. Como reverter essa realidade?

VS – Realmente 2017 foi um ano difícil. Foram anos de abandono e negligência, dois anos ainda não são suficientes para sanar esses problemas.

Atendendo a reivindicação dos moradores dos bairros realizamos desobstrução de bocas de lobo, limpeza de canais, capinação, limpeza em geral...  Recapeamos o asfalto dos principais corredores de Guarujá, além de vias de Vicente de Carvalho e concluímos a Avenida Antenor Pimentel - Morrinhos, que também recebeu uma ciclovia.

Revitalizamos a sinalização viária da Cidade. O serviço do caminhão Cata Coisa cresceu mais de 80% depois que passou de quinzenal para semanal. O Parque de Iluminação Pública passou da Elektro, para a empresa FortNort. Mais de 8 mil pontos de luz foram restabelecidos. Após, demos inicio a outra reivindicação de moradores, turistas e comerciantes que trará mais segurança, entretenimento e emprego. A Iluminação da orla.  Concluímos a iluminação na Praia das Astúrias e começamos a iluminar a orla da Praia da Enseada. 

Hoje, os três cemitérios de Guarujá contam com conservação constante. E ainda adquirimos três caminhões hidrojato, atendendo assim 150 pontos mensalmente.

 

 

 

JDC – Segurança pública é um problema nacional, mesmo o combate a criminalidade sendo atribuição do Estado, o Município tem apoiado as ações de segurança?

VS – A Administração apoia irrestritamente as corporações de segurança que atuam em nosso Município. Entregamos um automóvel recentemente à Policia Civil. Temos mantido as ações da equipe de Força Tarefa na coibição dos bailes funks, uma ação preventiva de segurança pública. Estamos na iminência de assinar um Termo de Ajustamento de Conduta que visa a construção da sede do 21º Batalhão da Polícia Militar na Enseada. Firmamos um convênio com a Marinha para fiscalização de atividades náuticas.

 

JDC – Guarujá começa 2019 com uma mudança que é esperada por décadas. O que o senhor espera do transporte público?

VS – Eu espero o melhor para a população de Guarujá. A empresa City Transporte Urbano Intermodal Ltda foi a vencedora da licitação pública. A proposta inclui 25 ônibus articulados, 80 convencionais, 15 micro-ônibus, um ônibus de dois andares - para rota e linhas turísticas, e três vans adaptadas ao transporte de pessoas com mobilidade reduzida. Vamos fiscalizar para que as melhorias propostas pela nova empresa sejam concretizadas.

 

JDC – Este ano foram várias ações focadas na geração de emprego e qualificação de mão de obra. Quais pontos o senhor pode ressaltar?

VS - É um ciclo de desenvolvimento: abrir postos e gerar empregos, porém precisamos qualificar a população para preencher essas vagas. Neste ano, Guarujá conseguiu três meses gerar mais vagas de trabalho do que demissões. O PAT teve aumento de mais de 130% em pessoas inseridas no mercado de trabalho. Por fim, capacitamos quase 10 mil pessoas, essas pessoas estão aptas a serem inseridas ou recolocadas no mercado de trabalho.

Para os empreendedores, junto com o Sebrae alcançamos mais de 2.300 atendimentos desde 2017. Por fim, concluímos o Estudo de Viabilidade Técnica para implantação do Centro de Inovação e Tecnologia do Município.

 

 

 

JDC- E no Turismo existiu avanços?

VS – Guarujá precisa do turismo, aos poucos estamos implantando o necessário para trazer o turista de volta. Nossa equipe tem participado de feiras e eventos promovendo a Cidade e suas belezas. Esse trabalho tem obtido resultados. Conseguimos aprovar o Plano Diretor Municipal de Turismo. Ele tem como objetivo direcionar o segmento, gerar emprego e renda.

Inauguramos o letreiro “Eu amo Guarujá”, um marco de autoestima para os moradores e turistas. Conseguimos um novo sistema de iluminação da Fortaleza de Santo Amaro da Barra Grande. Criamos a “Rua de Lazer”, envolvendo uma série de atividades para a família.

 

JDC –   Existem outras ações que o prefeito pode destacar?

VS – No setor público entregamos 53 veículos entre ambulâncias e vans para o Esporte. Antecipamos o pagamento do 13º salário para os servidores.

Na área habitacional, entregamos 1.250 títulos de legitimação fundiária e 400 famílias da comunidade Cantagalo receberam as chaves de seus apartamentos.

E por fim para concretizar todas essas transformações e ampliar nossas ações em 2019, estamos atuando junto aos contribuintes de Guarujá que deixaram de pagar seus impostos. A Prefeitura está encaminhando cartas amigáveis de cobrança aos devedores e prepara leilões de imóveis inadimplentes. Precisamos sensibilizar nossa população em estar em dia com seus vencimentos, e assim podermos transformar essa verba em serviços públicos.

 

JDC – Para encerrar prefeito o que está na pauta de realizações para 2019? 

VS – Teremos novamente os fogos no Réveillon. Um dos meus lemas de campanha é zelar pela Cidade e cuidar das pessoas. Nos meus 30 anos trabalhando em unidades de saúde, sempre caminhei pelos bairros, ouvi as necessidades das pessoas, principalmente no Itapema. Por isso, para 2019, vamos trabalhar com o mesmo empenho. Nossa Cidade estava gritando por zeladoria e por isso precisamos chegar a todos os locais. Em 2019, está previsto macrodrenagem do Santo Antônio, Santa Rosa, Helena Maria e Vila Ligia. Para Vicente de Carvalho está previsto a revitalização do corredor comercial da Avenida Thiago Ferreira, além de investimentos infraestrutura. Outra coisa, a orla de Pitangueiras também será revitalizada trazendo segurança, turismo e emprego.

Por fim estamos na iminência de aprovar o plano diretor, que desatará os nós que impossibilitam os avanços da construção civil em nosso Município.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload