Endereço: Av. Adhemar de Barros, 1.347

Sala 27 B - CEP 11.430.003

Telefone: (13) 99716-5052

Email: jornaldacidadelitoral@gmail.com

contato

FUNCIONÁRIO DA PREFEITURA DE GUARUJÁ É PRESO SUSPEITO DE ARMAZENAR PORNOGRAFIA INFANTIL

November 23, 2018

 

Prisão ocorreu em São Carlos (SP) durante a terceira fase da operação Luz na Infância. Homem de 51 anos estava em escola estadual acompanhando delegação dos Jogos Abertos.

Um funcionário da Prefeitura de Guarujá (SP) foi preso nesta quinta-feira (22), em São Carlos, suspeito de armazenamento e compartilhamento de pornografia infantil.

A prisão ocorreu durante a terceira fase da operação Luz na Infância, deflagrada no DF e em 22 estados. Outras 60 pessoas foram presas.

  • Polícia prende 61 em operações contra pornografia infantil

"Nós identificamos a pessoa e chegamos na escola onde ele estava hospedado. Ele confessou, disse que tinha o computador, que estaria dentro de um quarto. Nós fomos até esse quarto onde ele estava alojado e apreendemos esse computador e um celular", explicou Aquino.

O computador foi periciado e foram encontradas imagens de pornografia infantil armazenadas. Além disso, foi verificado que o suspeito compartilhava os arquivos com outras pessoas. Ele foi preso no Centro de Triagem de São Carlos. A defesa dele não foi localizada para comentar o assunto.

Operação Luz na Infância

No total, 61 pessoas foram presas em flagrante pelas operações, até a última atualização desta reportagem – 43 pelas polícias civis e 18 pela Polícia Federal.

 

 

Entre os crimes identificados na operação, estão o armazenamento, o compartilhamento e a produção de pornografia infantil. As penas variam de 1 a 8 anos de prisão.

 

Guardar fotos e vídeos com esse tipo de conteúdo é considerado crime permanente, segundo a PF. Portanto, após o cumprimento de mandados de busca autorizados pela Justiça, os agentes prendem os dono dos computadores ao encontrar as imagens.

 

 

 

FONTE G1 

foto Abraão cruz / tv globo

 

 

 

    O homem de 51 anos foi preso na Escola Estadual Bispo Dom Gastão, na Vila Prado. Ele estava com a delegação da cidade nos Jogos Abertos do Interior, que são realizados na cidade até sábado (24).

    De acordo com o delegado da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), Gilberto de Aquino, a polícia de Guarujá fez buscas na casa do suspeito e o filho dele informou que ele estava em São Carlos.

     

    Share on Facebook
    Share on Twitter
    Please reload