top of page
Buscar

SEM FERIADO, HOTÉIS ESTIMAM QUEDA DE 39% NA OCUPAÇÃO


A taxa média de ocupação dos hotéis terá queda de 39% neste Carnaval de 2021, em relação ao mesmo período do ano passado, nas cidades de Santos, São Vicente e Guarujá. O levantamento foi feito pelo Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares da Baixada Santista e Vale do Ribeira (SinHoRes).

O cancelamento do feriado nas cidades da Baixada Santista ocorreu após recomendações do governo estadual, com o objetivo de conter o aumento do número de contaminações pela Covid-19.

De acordo com o Sindicato, a média da taxa de ocupação na Baixada Santista para os dias 13, 14, 15, 16 é de 51%. Em 2020, antes da pandemia, a data foi celebrada, e os hotéis da região registraram uma ocupação de 90% dos leitos disponíveis nos três municípios.

“Os hotéis chegam a uma ocupação de 90% dos seus leitos, movimentando toda a economia local do segmento gastronômico e do comércio. A categoria enfrenta dias difíceis após uma temporada de verão com ocupações de 39% a menos que no ano passado, ocasionando grandes prejuízos”, explica Heitor Gonzalez, presidente do SinHoRes.

Segundo dados do Sindicato, neste Carnaval, a cidade que registra a maior ocupação nos hotéis é Guarujá, com 55%, seguida de Santos, com 52%, e São Vicente, com 46%.

Em dias úteis deste ano, durante a semana, os hotéis têm registrado uma ocupação entre 15% e 20%. Aos fins de semana, a média é de 40% a 50%. Gonzalez afirma que todos os estabelecimentos do ramo sofrerão um grande impacto com a suspensão do ponto facultativo.

Feriado cancelado

O governador do estado de São Paulo, João Doria, anunciou o cancelamento do ponto facultativo do carnaval no dia 29 de janeiro, para tentar conter o avanço da Covid-19 no estado. Com a decisão, o secretário estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, disse que as prefeituras teriam autonomia para tomar a decisão, mas orientou a seguirem a recomendação do governo estadual.

Por isso, as nove cidades da Baixada Santista optaram por seguir o orientado e suspenderam a celebração da data. Os municípios de São Vicente, Mongaguá e Peruíbe, foram os primeiros a decidir cancelar o feriado. Em seguida, Santos e Guarujá divulgaram um decreto confirmando a suspensão. Bertioga e Cubatão também acataram as orientações e anunciaram o cancelamento. Por fim, Praia Grande e Itanhaém anunciaram que seguiriam os demais municípios e suspenderam o ponto facultativo.


Kommentare


bottom of page