top of page
Buscar

PANDEMIA - CONFIRA O QUE PODE E O QUE NÃO PODE NO GUARUJÁ

Pandemia

Guarujá vai seguir novas medidas restritivas impostas pelo Governo do Estado


Municípios da Baixada Santista regrediram no Plano São Paulo, da fase amarela para a laranja. Aos finais de semana, feriados e períodos noturnos, todo o Estado ficará na fase vermelha, com funcionamento apenas dos serviços essenciais


Guarujá seguirá as medidas restritivas impostas pelo Governo de São Paulo nesta sexta-feira (21), que reclassificou a Baixada Santista para a fase laranja do Plano São Paulo durante os dias de semana e colocou todo o Estado na fase vermelha aos finais de semana e feriados. O uso das praias seguirá com limitações em relação ao uso de guarda-sóis, conforme decreto municipal publicado em dezembro.


As mudanças em relação ao faseamento laranja serão válidas a partir da próxima segunda-feira (25) e só durante os dias úteis. Aos finais de semana, feriados e períodos noturnos (das 20 às 6 horas), passará a valer a fase vermelha, apenas com serviços essenciais em funcionamento.


Mesmo com índices do Município apontando baixo comprometimento da rede pública em relação a leitos covid (29% de ocupação nas UTIs, ante 45% na média da Baixada Santista), o Governo do Estado justificou a decisão argumentando que está tentando desincentivar a procura de pessoas de regiões onde a situação da pandemia está comprometida, e, portanto com restrições maiores, para locais como a própria Baixada, que detém números melhores.


Praias


As praias seguem liberadas para banhistas, porém, com regras. Conforme o decreto municipal 14.039, publicado em 18 de dezembro de 2020, está permitida a disponibilização, por cada ambulante ou quiosque, de no máximo 10 guarda-sóis, com duas cadeiras cada. Para hotéis, pousadas e condomínios, a regra tem uma diferença: a disponibilização está restrita a um guarda-sol e duas cadeiras para cada quarto/unidade habitacional.


Fiscalização de ônibus e vans


Segue em andamento o trabalho realizado pela Prefeitura para impedir a entrada de ônibus e vans de turismo na Cidade. São seis barreiras montadas nos acessos ao Município, em ligações com a Rodovia Cônego Domenico Rangoni e também nas travessias de balsas de Santos e Bertioga. A emissão de licenças para o ingresso deles está suspensa desde novembro.


Novas medidas impostas pelo Plano São Paulo


O novo pacote de restrições imposto pelo Governo do Estado colocou a Baixada Santista na fase laranja durante os dias úteis, a partir da próxima segunda-feira (25), sempre até as 20 horas. Deste horário até às 6 horas do dia seguinte, nos finais de semana e feriados, seguem válidas as restrições do faseamento vermelho, onde só serviços essenciais podem funcionar.


Isso significa que o comércio em geral fica restrito ao funcionamento no sistema delivery, com atendimento presencial apenas em serviços como farmácias, supermercados, postos de combustíveis, entre outros.


Cautela


O Município recomenda cautela e bom senso na utilização de praias e espaços públicos, com o uso de máscaras e adoção das medidas profiláticas condizentes com a pandemia do novo coronavírus, com higienização permanente das mãos com água e sabão ou álcool em gel, entre outras. O combate ao coronavírus é responsabilidade de todos.

Comments


bottom of page