Buscar

GUARUJÁ TERÁ MAIS 40 LEITOS PARA TRATAR COVID-19




A Prefeitura de Guarujá está viabilizando a ampliação de mais 40 leitos na rede municipal de Saúde, específicos para tratamento do novo coronavírus. Serão implantados 10 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital Santo Amaro (HSA) e outros 30, sendo 16 de UTI e 14 de enfermaria, na Unidade de Pronto Atendimento Dr. Matheus Santamaria, a UPA Rodoviária.

Com isso, a oferta na rede pública cresce quase 20%, ou seja, dos 192, passará a um total de 228 leitos de diferentes tipos destinados a pacientes da Covid-19. Com esse aumento, Guarujá ficará com 71 leitos de UTI na rede pública, que estão sujeitos a constantes alterações devido aos dados epidemiológicos da doença.

A previsão é de que os 40 novos leitos entrem em operação ainda no mês de junho. De acordo com o prefeito de Guarujá, Válter Suman, é preciso agir de maneira preventiva para evitar um cenário de colapso de ocupação dos leitos. “Sem dúvida, mais um importante incremento na rede de saúde, para o enfrentamento ao novo coronavírus em nossa Cidade”, disse.

Com a implantação do Hospital de Campanha, no último dia 9 de abril, a demanda de pacientes com a Covid-19 vem sendo absorvida, o que, por outro lado, tem desafogado as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) da Cidade.

Diante disso, a Secretaria de Saúde precisou fazer uma readequação na estrutura de leitos na rede municipal, que anteriormente detinha uma oferta de 192 leitos (de UTI, enfermaria, observação e isolamento), passando, agora, a um total de 228 leitos específicos para o novo coronavírus em toda a rede pública, além dos leitos particulares.

Vale lembrar que em abril a Prefeitura assinou a oficialização dos primeiros 10 novos leitos de UTI no Hospital Santo Amaro (HSA). À época, esses leitos representavam 50% de reforço no atendimento prestado pelo HSA.


Reestruturação de leitos para Covid-19 na rede pública


• Hospital de Campanha: 70 leitos (50 de enfermaria e 20 de UTI)

• Hospital Santo Amaro: terá 32 leitos (tinha 10 leitos de UTI implantados em abril, mais 10 de UTI que serão instalados neste mês juntamente a outros 12 de enfermaria)

• UPA Rodoviária: passará a ter 46 leitos (tinha 24 leitos, sendo 20 de observação e quatro de isolamento); agora receberá outros 30 leitos (16 de UTI e 14 de enfermaria), que estão sendo viabilizados

• UPA Vicente de Carvalho: tinha 30 leitos (12 clínicos, oito semi-intensivos e 10 de pediatria) e com a readequação vai dispor de 11 leitos, sendo 3 UTI adulto

• UPA Enseada: tinha 18 leitos (14 clínicos e quatro semi-intensivos); e agora passa a ter um total de 8 leitos, sendo 2 UTI adulto

• ARE Vila Júlia: 20 leitos de clínica médica

• CAPS AD: 10 leitos de retaguarda para isolamento social de sintomáticos em situação de rua ou sem contenção sócio familiar

• CAPS 3: 10 leitos de retaguarda para isolamento social de usuários de saúde mental com sintomas agudos ou surto psicótico

• Hospital Emílio Ribas II – Baixada Santista (Guarujá) - Gestão Estadual – 21 leitos (10 UTI)



Total de leitos para Covid: 228

Só leitos de UTI para Covid: 71


#PrefeituradeGuarujá #Guarujá #Coronavírus #covid19


Endereço: Av. Adhemar de Barros, 1.347

Sala 27 B - CEP 11.430.003

Telefone: (13) 99716-5052

Email: jornaldacidadelitoral@gmail.com

contato Comercial