Buscar

COLUNA WELINTON ANDRADE

Inquérito que apura invasão no Instagram da atriz Cleo Pires tem segmento Um estudo técnico juntado ao Inquérito Policial que apura a invasão no Instagram da atriz Cleo Pires, ocorrida em outubro do ano passado, trouxe novidades às investigações. Realizado por Gabriel Pato, especialista em segurança da Informação, o estudo esclarece os riscos presentes no site malicioso, postado pelo invasor no Instagram da atriz, e acessado por mais de 600 mil seguidores dela, e também qual seria o principal objetivo deste hacker. Ao clicar no

link postado pelo criminoso, os seguidores acessavam uma página, que estabelecia a realização de alguma tarefa, download ou verificação, para que só assim se chegasse a um prêmio anunciado. Ficou demonstrado que o invasor, na verdade, auferia lucros com os cliques, sem prejuízos aos seguidores. O advogado Luiz Augusto D’Urso (foto), adverte que é tudo um golpe e esclarece: “Na verdade, o prêmio inexiste e o seguidor/usuário nunca chegará à página que lhe confere tal prêmio, uma vez que sempre lhe será solicitada a realização de uma nova tarefa, indefinidamente. É pela realização destas tarefas, downloads, verificações ou cliques, que o criminoso obtém sua remuneração”.

Endereço: Av. Adhemar de Barros, 1.347

Sala 27 B - CEP 11.430.003

Telefone: (13) 99716-5052

Email: jornaldacidadelitoral@gmail.com

contato Comercial