Buscar

CAGED APONTA QUASE 13 MIL DESEMPREGADOS NA BAIXADA


Durante três meses de pandemia do novo coronavírus, quase 13 mil postos de trabalho foram fechados na Baixada Santista. Os números foram registrados nos meses de março, abril e maio de 2020, período em que as cidades da região interromperam suas atividades econômicas. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

No acumulado do ano, entre janeiro e maio, o saldo negativo de empregos foi de 13.811. Para chegar a esse número, foi subtraída a quantidade de demissões (47.139) da quantidade de admissões (33.328) no período. Dessa forma, os postos de trabalho fechados apenas entre os meses de março e maio representam 93,5% do total do ano.

Os dados apontam que os setores mais afetados durante a pandemia foram o de serviços (- 6.987 postos de trabalho) e de comércio (- 4.128), que totalizam cerca de 80% das demissões nos últimos três meses. Em números absolutos, as duas áreas foram responsáveis pela demissão de 22.355 pessoas, de um total de 27.639 no período.

A quarentena foi decretada em todo o Estado de São Paulo no dia 24 de março, e os comércios tiveram que ser fechados, mantendo apenas os serviços essenciais. Porém, com a reabertura parcial dos estabelecimentos a partir de 15 de junho, a expectativa é de que a empregabilidade comece a se estabilizar, reduzindo a taxa de desemprego.

#Caged #Desemprego #BaixadaSantista

Endereço: Av. Adhemar de Barros, 1.347

Sala 27 B - CEP 11.430.003

Telefone: (13) 99716-5052

Email: jornaldacidadelitoral@gmail.com

contato Comercial