Buscar

BASTIDOR POLÍTICO

Decreto mantém proibição de locação temporária e barreiras para evitar acesso de ônibus e vans

A Prefeitura de Guarujá publicou o decreto 14.266, que estabelece novas regras temporárias para o funcionamento parcial e condicionado das atividades comerciais, empresariais e de prestação de serviços, durante o período em que perdurar a Fase de Transição do Plano São Paulo de Combate à Covid-19. As normas valem para este final de semana e algumas atividades comerciais estão liberadas para funcionar, desde que sejam cumpridas as regras sanitárias e de distanciamento. Todo o abrandamento das restrições leva em conta a melhora nos índices de internação dos leitos Covid no Município. Entretanto, como a pandemia ainda é uma triste realidade, o decreto mantém a proibição de acesso ao Município de ônibus e veículos de transporte coletivo, inclusive com a manutenção das barreiras nas entradas da Cidade. O objetivo principal é desestimular o turismo desordenado e a vinda de turistas de um dia. Também segue proibida a locação temporária de imóveis para fins turísticos, inclusive por meio de aplicativos. Assim como nas definições dos decretos anteriores, a Prefeitura mantém a recomendação para que condomínios residenciais interditem suas áreas de lazer e disseminem informações sobre a pandemia e os cuidados necessários para seu controle. No abrandamento das restrições, o destaque fica por conta das atividades físicas individuais nas praias e em outros locais públicos, que agora ficam liberadas sem restrições de dias. Nesta nova etapa, os quiosques estão autorizados a funcionar, bem como os serviços dos ambulantes, desde que sejam seguidas as recomendações de higiene e distanciamento social, o que exige o máximo de até 25% da capacidade do local. O decreto também libera o funcionamento das quadras esportivas particulares, exclusivamente para atividades físicas individuais, bem como os salões de beleza e barbearias. Bares e restaurantes, que já haviam sido liberados para funcionar no decreto anterior, no fim de semana, se mantêm autorizados, mas com os cuidados necessários ao combate à contaminação. As medidas entraram em vigor de imediato e terão efeito neste final de semana. AEDES AEGYPTI Um velho conhecido vem atacando os moradores das cidades da Baixada Santista, o mosquito Aedes Aegypti – responsável pela transmissão da dengue, chikungunya e zika. Em Guarujá, a Prefeitura está intensificando as ações nos bairros. A Prefeitura conta com um canal de denúncias. Para informar alguma situação ou tirar dúvidas, a população pode ligar para o número (13) 3341-6569.

União


Os servidores da Secretaria de Educação de Guarujá doaram mais de 1 tonelada em alimentos ao Fundo Social de Solidariedade. A presidente do Fundo Social, Edna Suman recebeu o grupo de servidores da Pasta juntamente com o secretário Marcelo Nicolau. A iniciativa é um apoio as famílias em vulnerabilidade social agravada por conta da pandemia do coronavírus. Outro importante ação do Fundo foi manter o atendimento no feriado de 21 de abril. Vacinação 2 STF prorroga O Supremo Tribunal Federal (STF) concedeu liminar a favor do Estado de São Paulo para prorrogação dos prazos de execução dos projetos culturais beneficiados com recursos da Lei Aldir Blanc. Com isso, a execução dos projetos contemplados no ProAC Expresso LAB, que se encerraria na próxima semana, dia 30, fica prorrogada para 31 de dezembro 2021. Poupatempo As unidades do Poupatempo foram reabertas presencialmente no último dia 24. A medida faz parte das iniciativas da Fase de Transição do Plano São Paulo, adotada seguindo todos os protocolos sanitários, com capacidade reduzida de atendimento e agendamento prévio de data e horário. Poupatempo 2 Até lá, o programa mantém o recebimento e análise das solicitações de casos emergenciais, como a emissão de RG, por exemplo, recebidas pelo Fale Conosco, disponível no portal www.poupatempo.sp.gov.br e aplicativo Poupatempo Digital. Praia Grande Praia Grande dispensou as trabalhadoras temporárias do serviço de limpeza urbana. Com o fim da alta temporada de verão, cerca de 30 profissionais o ficaram sem emprego. Nas redes sociais, moradores lamentaram o término do contrato. A administração alegou que agiu dentro das prerrogativas contratuais firmadas com a PG EcoAmbiental - concessionária do serviço de coleta de lixo da cidade. Vacinação A Câmara de Guarujá aprovou o projeto da vereadora do PTB, Sirana Bosonkian, que estabelece prioridade para a vacinação contra a COVID-19, para portadores de deficiência. De acordo com a justificativa, Guarujá possui em sua população 7,5% de pessoas com alguma deficiência, que é equivalente a 43 mil pessoas. O projeto vai à sanção.

Vacinação 2 Guarujá iniciou a vacinação para idosos de 64 anos. O Município recebeu 2720 doses da CoronaVac para esta etapa. Segundo a Prefeitura, o quantitativo corresponde exatamente à última estimativa populacional do IBGE para esta faixa etária.