Buscar

BASTIDOR POLÍTICO


Não é candidato

Com a decisão do TSE de liberar os “fichas-sujas” de 2012 a participarem das eleições deste ano, surgiu, mais uma vez, a especulação sobre a possível candidatura do ex-prefeito Farid Madi (PPS). Ao JC, o ex-prefeito deixou claro: “eu não sou candidato mesmo com a decisão do TSE, já tinha decidido e não vou mudar”. Apesar da declaração do prefeito, juristas consultados pelo JC informaram que o impedimento de candidatura de Farid só termina em 2021.

Não é candidato 2

A eleição desse ano é totalmente atípica. A pandemia colocou o mundo de pernas para o ar e, na política, não foi diferente. Gente ligada ao ex-prefeito informou que é mais prudente participar de uma eleição onde o prefeito Válter Suman não seja candidato à reeleição.

Não é candidato 3

Como é o caso da Cidade de Santos, onde o prefeito Paulo Barboza (PSDB) não pode mais se reeleger. Talvez seja esse o cenário ideal esperado pelo ex-prefeito de Guarujá para o seu retorno à política local.

Eleições 2020

A legislação eleitoral define o dia 16 de setembro como prazo final para a realização de convenções partidárias que homologarão candidaturas de prefeitos, vereadores e coligações majoritárias no Litoral e em todo o país. Apesar da data estar próxima, em política, parece uma eternidade. Nesse pequeno intervalo de tempo, candidatos desistirão e apoiarão outros nomes, outros, que não seriam candidatos, se tornarão por seus interesses não terem sido atendidos... Política é assim.

Eleições 2020 (2)

Um tema recorrente nas eleições nos municípios do pais é a compra de votos no dia das eleições. Esse ano, entretanto, o candidato que tentar fazer a “compra” de votos terá que contar com a sorte de ninguém filmar a negociação ilícita. Hoje, os eleitores possuem celulares que são verdadeiras armas contra essa prática reprovável.

Prefeitos de Santos

O sindicato dos servidores estatutários de Santos (Sindest) iniciou ontem, sexta-feira, uma série de entrevistas, com os candidatos a prefeito, por meio de ‘lives’ no Facebook. O primeiro convidado foi Thiago Andrade (PCdoB), que foi questionado pelo presidente do sindicato, Fábio Marcelo Pimentel, outros diretores e por espectadores da ‘live’. O sindicalista já entrou em contato com o candidato Antônio Carlos Banha Joaquim (MDB) e nos próximos dias consultará os demais. “Vamos ver que projeto cada um tem para o funcionalismo”.

Prefeitos de Santos 2

Além de Thiago e Banha, o Sindest convidará Ariovaldo Feliciano (Republicanos), Bayard Umbuzeiro (PTB), Carlos Alberto de Sá Romano (DC), Carlos Paz (Avante), Décio Couto Clemente (Pros), Douglas Martins (PT), Guilherme Prado (PSol), Ivan Sartori (PSD), João Villela (Novo), Luiz Fernando Lobão (PTC), Luiz Xavier (PSTU), Marcelo Coelho (PRTB), Márcio Aurélio Soares (PDT), Moysés Fernandes (PV), Rogério Santos (PSDB) e Tanah Corrêa (Cidadania).

Professores

O Sindicato dos Professores do Estado de São Paulo – Apeoesp – é totalmente contrário ao governador João Dória e o secretário de Estado da Educação, Rossieli Soares, que querem o retorno das aulas presenciais. Os sindicalistas temem pela contaminação da Covid-19 em professores, alunos e familiares. Essa briga vai longe e ainda dará muito o que falar.

Litoral SP

A deputada estadual Leticia Aguiar (PSL) protocolou uma indicação ao governador, João Dória, para que destine investimentos visando atender às necessidades da Defesa Civil de todas as cidades da Baixada Santista. A parlamentar fez indicações individuais solicitando investimentos na Defesa Civil de Bertioga, Cubatão, Guarujá, Itanhaém, Praia Grande, Santos, São Vicente e Peruíbe.

Litoral SP 2

Passados seis meses da tragédia que atingiu o litoral do estado de São Paulo, a parlamentar reacende a questão com antecedência e pede medidas urgentes: “estou me antecipando ao período de chuvas porque a regra geral no Brasil é só se atentar para as tragédias quando elas acontecem e deixam rastros de destruição e mortes”, declarou a deputada.

Limite de gastos

Já estão disponíveis no Portal TSE os limites de gastos que os candidatos aos cargos de prefeito e vereador deverão respeitar, em suas respectivas campanhas, para concorrer nas Eleições Municipais de 2020. Os limites podem ser consultados no site http://www.tse.jus.br/. Segundo a Lei das Eleições, o limite de gastos das campanhas dos candidatos a prefeito e a vereador, no respectivo município, deve equivaler ao limite para os respectivos cargos nas Eleições de 2016, atualizado pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), apurado pelo IBGE. Para as eleições deste ano, a atualização dos limites máximos de gastos atingiu 13,9%.

Limite de gastos 2

Quem desrespeitar os limites de gastos fixados para cada campanha pagará multa no valor equivalente a 100% da quantia que ultrapassar o teto fixado, sem prejuízo da apuração da prática de eventual abuso do poder econômico. Nas campanhas para segundo turno das eleições para prefeito, onde houver, o limite de gastos de cada candidato será de 40% do previsto no primeiro turno.

Mais rígido

As eleições de 2020 serão as primeiras com um limite mais rígido fixado em lei para as doações que os candidatos podem fazer a si mesmos. O teto será de 10% do limite de gastos para o cargo em disputa e foi fixado em lei aprovada pelo Congresso Nacional em 2019. O limite para o autofinanciamento visa a tentativa de evitar a vantagem dos candidatos muito ricos. O exemplo mais lembrado é o do empresário e atual governador de São Paulo, João Doria, que em 2016, quando foi eleito à prefeitura da capital paulista, doou R$ 4,4 milhões à própria campanha, o que equivale a 35% do total gasto por ele naquela eleição.

E agora José?

O ex-secretário de Desenvolvimento Econômico e Portuário, e atual secretário de Relações Sociais de Guarujá, Alexandre Trombelli, foi uma indicação do presidente do PSL Gilberto Benzi. Ocorre que, agora, Benzi será candidato a prefeito. Resta saber, portanto, se Trombelli vai apoiar o padrinho que o indicou, ou o governo a que pertence.

E agora José? 2

Na nova secretaria, Trombelli não é uma unanimidade. Na verdade, está longe disso. Assessores e gente do gabinete questionam nos bastidores inconsistências na secretaria que poderiam levar a administração a desgastes públicos desnecessários. A questão que fica no ar é se os possíveis erros seriam propositais ou não. Na dúvida, Gabinete e Governo acenderam o sinal de alerta.

#TSE #fichassujas #FaridMadi #PPS #VálterSuman #Guarujá #PrefeituradeGuarujá #Eleições2020 #PauloBarboza #PSDB

#CandidatosPrefeitodeSantos #Sindest #ThiagoAndrade #PCdoB #FábioMarceloPimentel #AntônioCarlosBanhaJoaquim #MDB #AriovaldoFeliciano #Republicanos #BayardUmbuzeiro #PTB #CarlosAlbertodeSáRomano #DC #CarlosPaz #Avante #DécioCoutoClemente #Pros #DouglasMartins #PT #GuilhermePrado #Psol #IvanSartori #PSD #JoãoVillela #Novo #LuizFernandoLobão #PTC #LuizXavier #PSTU #MarceloCoelho #PRTB #MárcioAurélioSoares #PDT #MoysésFernandes #PV #RogérioSantos #PSDB #TanahCorreia #Cidadania #Apeoesp #JoãoDória #EducaçãoSP #RossieliSoares #Covid19 #LeticiaAguiar #PSL #DefesaCivil #BaixadaSantista #Bertioga #Cubatão, #Guarujá #Itanhaém #PraiaGrande #Santos #SãoVicente #Peruíbe #ÍndiceNacionaldePreçosaoConsumidorAmplo #IBGE #CongressoNacional #JoãoDoria #DesenvolvimentoEconômicoePortuário #AlexandreTrombelli #GilbertoBenzi