Buscar

APROVADO - CONFIRA NOMES DOS VEREADORES QUE VOTARAM A FAVOR E CONTRA A CRIAÇÃO DOS NOVOS CARGOS






Vereadores criam novos cargos comissionados


Salários ultrapassam R$ 12 mil e devem custar quase R$ 1 milhão/ano ao contribuinte


Foi aprovado nesta terça-feira (15/12) projeto de lei que aumenta o número de cargos comissionados (sem necessidade de concurso público) na Câmara Municipal de Guarujá.


São cinco novos cargos: três, com remuneração de R$ 12.300,00, e mais dois outros, com remuneração de R$ 7.500,00. O impacto financeiro previsto é de quase R$ 1 milhão/ano.


Todos são para a 'Escola do Legislativo' da Câmara Municipal, que desde 2.020 não realiza qualquer atividade ao público, em razão da pandemia. E, ao que tudo indica, assim deve permanecer - embora com custos muito maiores.


Sem justificativa


Apesar do grande impacto financeiro e das dúvidas quanto à real necessidade da medida, o projeto aprovado pelos vereadores sequer consta de uma única justificativa.


Fatura da eleição


Nos bastidores, a explicação que circula é que o presidente José Nilton Doidão, assim como os demais membros da mesa diretora (Nego Walter, Raphael Vitiello e Anderson Figueira), estão tendo que 'acertar contas' com os demais colegas que os elegeram, no dia 1/1.


VEJA COMO CADA VEREADOR VOTOU

VOTARAM CONTRA OS CARGOS

Sirana Bonzokian (PTB)

Márcio Pet Shop (PTB)

Vargas (PTB)

Toninho Sagado (PSD)

Edilson Dias (PT)

VOTARAM A FAVOR DOS CARGOS

Santiago Ângelo (PP), Naldo Perequê (PSB), Aparecido Davi (REPUBLICANOS), Fernando Peitola (MDB), Raphael Vitiello (PSD), Juninho Eroso (PP), Nego Walter (PSB), Mário Lúcio (PSB), Waguinho (DEM), Sorriso (PRTB) e Anderson Figueira (PODE).

** O presidente da Câmara José Nilton Doidão (PSB) não vota, mas pautou e apresentou o trabalho, junto com a mesa diretora.