Buscar

APÓS INTERVENÇÃO, TRABALHADORES RECEBEM SEUS SALÁRIOS


Os salários e benefícios atrasados dos colaboradores da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Rodoviária e das 15 Unidades de Saúde da Família (Usafas) começaram a ser pagos pela Prefeitura de Guarujá. Assim, o Município começa a regularizar as pendências deixadas pela Organização Social (O.S) Pró-Vida, que detinha contratos de gestão destas unidades, hoje administradas por um Conselho Interventor instituído pela Prefeitura.

O Município assumiu integralmente o pagamento das obrigações que eram da O.S. após tê-la notificado extrajudicialmente para a quitação das dívidas com os colaboradores e não obter qualquer resposta. Em alguns casos, essas dívidas superam um mês. Além dos salários, a entidade também não estava pagando benefícios como vale-transporte e vale-alimentação.

Para arcar com os vencimentos dos colaboradores, a Prefeitura despenderá de cerca de R$ 2 milhões do orçamento. Apesar de manter os pagamentos dos contratos com a Pró-Vida rigorosamente em dia, os atrasos nos salários dos profissionais eram recorrentes.

A intervenção também atende recomendações da 4ª Promotoria de Justiça de Guarujá e do Conselho Municipal de Saúde.


#Guarujá #PrefeituradeGuarujá #ProVida #SaúdeGuarujá