Buscar

TRAVESSIA GANHA NOVA EMBARCAÇÃO E APLICATIVO

Após promessa de privatização do Dersa e as constantes demora na fila do sistema de travessia Guarujá-Santos, o governo do Estado realizou a entrega de uma nova balsa para a Travessia Santos-Guarujá. A embarcação, totalmente remodelada, amplia a capacidade operacional do sistema de 500 para 612 veículos por hora em cada sentido – aumento de 22%. “Um novo serviço de balsa foi inaugurado, agora com um novo modelo tecnológico. As pessoas têm um aplicativo no celular e podem saber o horário da balsa e o tempo de percurso”, afirmou o Governador. A balsa FB-20 recebeu reforma de todo o casco e convés, sistemas de propulsão, elétrico e hidráulico, novos equipamentos de salvatagem (conjunto de medidas de resgate e salvamento no mar) e pintura. Além disso, a embarcação ganhou novo grafismo em homenagem ao aniversário de Santos, que completou 474 anos em 26 de janeiro. Com mais essa entrega, a Secretaria de Logística e Transportes e a Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A) somam nove embarcações reformadas e modernizadas desde o início da nova gestão estadual. Também em 2019, foi implantado o Novo Programa de Reformas e Manutenções, com serviços ampliados para 24 horas por dia, inclusive feriados e finais de semana. Esporte e turismo Concluindo a visita a Santos, o Governador e o Secretário de Turismo, Vinicius Lummertz, entregaram o Ginásio Poliesportivo M. Nascimento – em Santos, construído com recursos do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos. O espaço possui área total de 3,5 mil metros quadrados, quadra coberta de 2,5 mil metros quadrados e arquibancadas para 1,5 mil pessoas. “Além do atendimento às demandas sociais da população de Santos e região, o centro poliesportivo poderá receber eventos diversos, não apenas esportivos, atraindo visitantes e movimentando a economia local”, afirmou Lummertz. O ginásio integra o projeto de remodelação e ampliação do Complexo Turístico, Esportivo e Cultural M. Nascimento Júnior, que foi executado em três etapas desde 2015. Somadas todas as fases de obras, a remodelação do complexo inteiro totaliza R$ 16,6 milhões em recursos do Estado. “O turismo é uma de nossas prioridades no desenvolvimento econômico, geração de emprego e oportunidades e promoção cultural. O Estado disponibilizou mais de R$ 110 milhões para nove municípios da Baixada Santista”, concluiu Doria.