Buscar

BASTIDOR POLÍTICO

Justiça suspende intervenção do Diretório Estadual no PSDB de Guarujá

Com a decisão, o presidente Sandro Mastellari e sua diretoria reassumem o partido, com mandato até o ano de 2021

O juiz de direito Dr. Gustavo Gonçalves Alvarez suspendeu a intervenção do presidente da Estadual do PSDB, no partido de Guarujá. Em sua peça, o magistrado registrou que: “Aparentemente, de forma açodada, a liminar de intervenção decretada pelo PSDB (estadual) contraria os ditames previstos no Estatuto”.

Mais adiante Alvarez destaca que: “A liminar que deu causa à intervenção ora impugnada foi decretada, de forma equivocada, diretamente pelo presidente do Diretório Estadual, não ouvindo a respectiva Comissão Executiva. Diante desse quadro de plausibilidade do direito invocado na exordial (inicial) e considerando os efeitos deletérios que tal ato pode causar dentro da organização partidária em destaque DEFIRO o pedido liminar, suspendendo os efeitos da designação da Comissão Interventora Municipal no Diretório do PSDB na cidade de Guarujá, determinando a paralisação de quaisquer atividades por ela enfrentada, bem como eventuais efeitos delas decorrentes”.

Em outras palavras, a Justiça anulou (liminarmente) a intervenção da Estadual do PSDB no diretório de Guarujá, mandando reconduzir ao cargo de presidente, o empresário Sandro Mastellari, a executiva e os membros do diretório.

Quando da indicação do nome do advogado André Guerato, pelo deputado Alexandre Frota (PSDB), como pré-candidato a prefeito de Guarujá, o JC informou que, com a intervenção, e a nomeação de Guerato para a presidência, haveria o risco de “judicialização” do PSDB para a eleição do presente ano. Não erramos.

Da sentença que reconduziu os integrantes do diretório de Guarujá cabe recurso. Entretanto, a intervenção abrupta da Estadual em Guarujá e a imposição de um nome como pré-candidato, sem conversar com os Tucanos locais decepcionou muitos membros do partido na Cidade. “Me senti traído. Trabalhamos para o Dória e o partido do Guarujá sempre foi fiel e leal aos preceitos convencionais e estatutários do PSDB e vem um deputado forasteiro (Alexandre Frota) e quer dominar o partido” afirmou Mastellari, revoltado com Frota.

O PSDB tinha como opções o prefeito Válter Suman (PSB), o advogado Miguel Calmon (PRTB) e o também advogado André Guerato. Os dois primeiros, de forma educada, agradeceram o prestígio do governador João Dória, mas declinaram do convite. O PSDB na Cidade tem um histórico de divisões e, talvez isso, tenha afastado outros pré-candidatos da agremiação política.

Agora, resta saber se, politicamente, compensa ao pré-candidato André Guerato persistir em permanecer no PSDB com o processo na Justiça, ou procurar outro partido onde não tenha que discutir e correr o risco de não ser candidato a prefeito. Aguardemos.

.............................................................................

Morte no HSA

Na edição passada, o JC apontou a insatisfação de médicos com a gestão do Hospital Santo Amaro, que tem como presidente o advogado Urbano Bahamonde. Nesta semana, uma jovem de 22 anos morreu no HSA após parto. A família afirma que ela havia feito todos os exames de pré-natal. A Polícia Civil vai investigar o caso. Leia mais na página 3.

Morte no HSA 2

Urbano preside o Santo Amaro há anos. O JC apoia e incentiva o Hospital por ser filantrópico. Entretanto, não deixamos de apontar falhas e, verdade seja dita, são várias as reclamações de pacientes, médicos e funcionários. Esses últimos reclamam da confusão que virou o funcionamento do hospital particular Don Domênico, dentro (no mesmo prédio) do Santo Amaro, que recebe verbas públicas.

Morte no HSA 3

Os próprios médicos afirmam ao JC que não adianta o prefeito Válter Suman colocar mais dinheiro no Santo Amaro enquanto Urbano for o presidente. Eles lamentam o “aparelhamento” da instituição pelo presidente que, segundo eles, comanda todos os setores, inclusive o Instituto Don Domênico. Lamentável um hospital como o Santo Amaro estar nessa situação.

Falta d’água

No início de janeiro, a Prefeitura de Guarujá aplicou multa de R$ 50 mil à Sabesp e formalizou reclamação à Arsesp diante das inúmeras reclamações de munícipes e turistas na última semana de dezembro passado e primeira semana de janeiro. Bertioga também formalizou reclamação idêntica.

Falta d’água 2

Nesta semana, técnicos da Arsesp estiveram na Estação de Tratamento de Água (ETA) Jurubatuba, que abastece Guarujá e no Centro de Controle Operacional da Sabesp, que funciona no Centro de Santos e reúne informações sobre registros de ocorrências e controle dos reservatórios da empresa em toda a Baixada Santista.

Falta d’água 3

Segundo a Arsesp, o objetivo das fiscalizações em curso em Guarujá e nas outras cidades da região é analisar dados referentes à produção e distribuição de água em Guarujá (incluindo o Distrito de Vicente de Carvalho), Santos, Itanhaém, Bertioga, Peruíbe e Praia Grande, cidades onde também houve registros de casos de falta d’água. A agência reguladora é a responsável por fiscalizar o contrato entre a Sabesp e o Município (Guarujá).

Falta d’água 4

As Prefeituras de Guarujá e Bertioga querem solução para o extravasamento de esgoto e a falta d’água que assola os municípios, especialmente no verão e feriados prolongados.

Prefeito e deputado

O prefeito Válter Suman segue com o bom relacionamento junto aos segmentos religiosos da Cidade. Recentemente, ele participou de um encontro com cerca de 200 lideranças evangélicas. O deputado federal Cezinha Madureira esteve no encontro. O pastor Ricardo Souza informou ao JC que o encontro discutiu “O papel da Igreja na Política e na Sociedade”.

Trânsito I

Neste domingo (26), das 10 às 16 horas, a Prefeitura de Guarujá leva à Praça Horácio Lafer, na Enseada, o Projeto Educação para o Trânsito. O objetivo é conscientizar e mobilizar a população a fim de gerar segurança e paz no trânsito. A atividade é voltada para crianças e adolescentes.

Trânsito 2No local será montado um espaço vivencial de trânsito com mini veículos, semáforo, radar, demarcações de pista com cones e outras sinalizações. A ação contará com monitores e educadores para o trânsito. A iniciativa é da Diretoria de

Trânsito (SedecoN)