Buscar

BASTIDOR POLÍTICO

Prefeito quer discutir Educação Especial em Audiência

Pública

A audiência foi marcada após matéria divulgada no JDC. Pais e profissionais apoiaram a iniciativa do prefeito

Agiu Rápido

Após material publicado sobre a Educação Especial aqui no JDC, o prefeito Válter Suman agiu rápido. Ordenou imediatamente à secretaria de Educação a realização de reunião interna, no dia 06 de agosto, para discutir os problemas do segmento. Após o encontro, o prefeito determinou a marcação de uma audiência pública para ouvir pais de alunos, professores e coordenadores do setor, de forma a construir um consenso.

Agiu Rápido 2

A intenção do chefe do Executivo com a Audiência Pública é diagnosticar e tratar os problemas da Educação Especial no curto, médio e longo prazo. Sensível às questões sociais, o prefeito sabe que o segmento merece toda a atenção para garantir respeito e um futuro melhor de oportunidades para as crianças especiais da cidade. “Pegamos uma Cidade acabada. Estamos trabalhando e tentando acertar. Tenho todo o respeito com as crianças especiais e seus familiares, por isso ordenamos a audiência pública para tentarmos resolver os problemas através do diálogo, com espíritos desarmados” disse o prefeito ao JDC.

Escola Especial

Sobre o tema, o JDC já conversou com vários especialistas em Educação Especial. Eles foram unânimes em afirmar que há a necessidade “urgente” de uma Escola Municipal Especial em Guarujá. Santos possui uma escola especial, uma clínica escola para autista e mais de 15 entidades que atendem educação especial. São Vicente, Praia Grande e até Peruíbe também contam com Escolas Especiais.

Escola Especial 2

Um grupo de especialistas está preparando relatório (e projeto) com críticas (problemas) e soluções para a Educação Especial na Cidade. Tudo a título de ajudar, auxiliar. Nenhum dos profissionais especialistas envolvidos quer cargo na PMG, nem benefícios pessoais. É pela CAUSA mesmo. Agora, com o prefeito Suman tomando a frente do problema, o segmento tem a chance de manter o que esteja bom e mudar o que seja necessário, para melhorar a vida dessas crianças e familiares.

Escola Especial 3

Guarujá teve uma escola especial (Franklin Delano Roosevelt) que foi fechada no ano de 2005, quando a realidade na Educação era outra. Naquele momento, o Governo engatinhava na inclusão e oferecia vantagens e verbas para que ela acontecesse nas cidades. Após alguns anos, entretanto, várias prefeituras voltaram atrás e reabriram as instituições a pedido de pais e aconselhamento de profissionais do segmento.

“Deputados vagabundos”

Tomé Abduch e Marcos Belizzia (Movimento Nas Ruas), em forte vídeo divulgado na internet chamam os deputados de “vagabundos”. O motivo? A intenção dos parlamentares de aumentar o fundo partidário de R$ 1,7 para R$ 3,7 bilhões na eleição do ano que vem. Eles ameaçaram chamar a população para as ruas novamente.

Convite OAB

A OAB de Guarujá, convida para a I SEMANA JURÍDICA, que acontecerá nos dias 13,14,15 e 16 de agosto à partir das 18 horas no Teatro Municipal Procópio Ferreira. A OAB local é presidida pelo advogado Marcelo Henrique Garcia Ribeiro.

De volta pra casa

O professor Joselito assinou ficha de filiação no PT de Guarujá. Ele retorna ao partido para ajudar na formação política. Provavelmente o professor deve compor o diretório. Se não for candidato a vereador, deve ser convidado para compor a executiva do partido.

De volta pra casa 2

No Guarujá está previsto o retorno de vários outros petistas à agremiação. O presidente Edilson Dias, candidato à reeleição, vem conduzindo esse trabalho de resgate e, como não haverá coligação na proporcional, ele tem sido procurado inclusive por lideranças de outros partidos de esquerda da Cidade.

Sem cacique

A instabilidade (brigas) e inexperiência política dos dirigentes nacionais, estaduais e regionais impedem o crescimento do PSL no Brasil. Só nos últimos dias, o partido destituiu 45 diretórios municipais.

Sem cacique 2

Hoje, ninguém sabe, por exemplo, quem manda no partido em São Paulo. Era o senador Major Olímpio, depois a estadual migrou para o deputado Eduardo Bolsonaro. Agora, ele deve assumir a embaixada do Brasil nos EUA, o que pode provocar uma leva de novas mudanças nos diretórios.

Novo presidente

Clayton Leite é o novo presidente do PSL de Guarujá. Luciana Salituri, com a saída do senador Major Olímpio do comando da Estadual, foi destituída. A pergunta é: até quando sobreviverá a nova executiva local?

O síndico

Em um condomínio (comercial ou residencial?) fala-se que o síndico estaria querendo comprar um terreno para alugá-lo ao próprio prédio que administra. Nossa reportagem está averiguando. Se bobear, vai acabar dando BO.

Secretário novo

Se tudo continuar correndo bem numa articulação política, Guarujá pode ter, em breve, um nome novo no secretariado. No momento, Marcelo Nicolau é secretário atuante de Cultura e é interino do Turismo. Nicolau continuará no governo pois conta com a confiança do prefeito. A interinidade, comenta-se, deve acabar.

Sessões da Câmara

Principal termômetro da política local, a Câmara retorna com suas sessões ordinárias na terça, dia 6 de agosto. Com isso, a política local deve sair do atual estado de morno, para quente ou frio, dependendo do estado de espírito de cada vereador. Aguardemos.

Saúde Cubatão

A Câmara de Cubatão aprovou uma Comissão Especial de Inquérito para apurar problemas no atendimento no Hospital Municipal, administrado pela Fundação Francisco Xavier (FSFX). Os vereadores terão 60 dias para apurar os procedimentos médicos e as condutas administrativas do hospital.

PG sem quiosques

Praia Grande passará mais uma temporada de verão sem os quiosques na praia. As obras não começaram porque as empresas vencedoras das licitações deixaram de cumprir obrigações contratuais e perderam o direito de exploração dos equipamentos. Outro edital deve ser lançado, mas não há nova data definida.

Endereço: Av. Adhemar de Barros, 1.347

Sala 27 B - CEP 11.430.003

Telefone: (13) 99716-5052

Email: jornaldacidadelitoral@gmail.com

contato Comercial