Buscar

BASTIDOR POLÍTICO


SintraSaúde confirma denúncias de funcionários contra hospitais

O JDC está apurando há algum tempo denúncias onde funcionários do Hospital Santo Amaro (público) informam estarem trabalhando para o Hospital Don Domênico (particular).

Sobre o tema, nossa reportagem conversou com o secretário geral do SintraSaúde Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de Santos e Região, Ademir Irussa. Ele confirmou denúncias dos funcionários do Santo Amaro, que reclamaram ao Sindicato estarem trabalhando no Hospital Don Domênico.

Irussa disse que, sobre as denúncias, já realizou reunião com a direção do HSA onde colocou a defesa do sindicato aos trabalhadores, relatando a proibição legal de funcionários serem registrados em um hospital público e estarem, possivelmente, trabalhando para um hospital (ou pronto-atendimento) privado.

O dirigente disse ainda que está agendando reunião com a direção do Hospital Don Domênico e que, se não houver acordo, pode denunciar a reclamação dos funcionários ao Ministério Público Federal.

Recentemente, a deputada federal Rosana Valle (PSB) esteve no Hospital Santo Amaro, quando prometeu ajudar a instituição pública. Não se sabe se ela tem conhecimento da denúncia dos trabalhadores ao SintraSaúde. Por ser público e receber verba federal, estadual e municipal, o HSA não pode ceder funcionários (nem o HDD aceitar). O JDC tentou (sem sucesso) contato com a direção do HSA e HDD, bem como com a deputada Rosana Valle. Nosso espaço está aberto para todos. Os funcionários do HSA fizeram outras denúncias, que também estão sendo apuradas.

Minirreforma

A minirreforma administrativa aprovada na última terça-feira (14) pela Câmara de Vereadores deu o que falar. Com ela, a Prefeitura de Guarujá passará a ter 254 cargos comissionados em sua estrutura. Em 2008, a PMG possuía 502 comissionados, e no início de 2016, eram ao todo 564 (o dobro do que possui atualmente). Na época (2008) o Município tinha menos de 290 mil habitantes. Hoje possui quase 320 mil.

Minirreforma 2

Isso, sem contar as Frentes de Trabalho, que na época somavam 756 pessoas. Hoje, a Prefeitura não tem mais esse tipo de colaborador em seus quadros. O Orçamento Municipal, na época, era de R$ 600 milhões, contra R$ 1,5 bilhão atualmente. Esses são os números reais.

Minirreforma 3

Gente que entende de política sabe que a maior parte das reclamações sobre a minirreforma é devido às eleições do ano que vem. É algo natural, faz parte do jogo. Entretanto, a população não política, está vendo no seu dia a dia se a cidade está melhor ou pior. E, no final, é isso o que importa e definirá o voto do eleitor.

Sem aula

Pais e mães denunciaram ao JDC que seus filhos, do 4º ano da Escola Lucimara, ficaram sem aula ontem, sexta, e não terão aula na segunda. Tentamos contato com o secretário da Educação, vice-prefeito Renato Pietropaolo, após às 10 horas da manhã de ontem, para saber o motivo dos alunos estarem sem aula, mas ele, como quase sempre, não atendeu nem respondeu. Se o secretário visitasse as escolas, teria mais acesso às informações. E isso, talvez, não acontecesse. Ao trabalho, secretário.

Furtos em Santos

Mais de 320 tampas de ferro foram substituídas de janeiro a abril em diversos pontos da Cidade. O serviço tem se intensificado, principalmente, devido aos recorrentes furtos destes materiais que, assim como fios de cobre e outros metais, são alvos constantes de atos de vandalismo.

Vacinação gripe

Desde o último dia 10 de abril, Guarujá vacinou 69.552 pessoas contra a gripe. A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe Influenza A (H1n1, H3n2) e B, prossegue até o próximo dia 31 (sexta-feira). A meta da Secretaria Municipal de Saúde é de imunizar um total de 90.631 pessoas.

Vacinação gripe 2

São 19 postos disponíveis na Cidade de Guarujá, entre Unidades Básicas (UBSs) e de Saúde da Família (Usafas), que atendem a população das 8 às 17 horas. Devem se vacinar idosos a partir dos 60 anos, gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto), crianças na faixa etária de 6 meses até menores de 6 anos, trabalhadores da saúde, professores e pessoas com doenças crônicas.

Igualdade racial

Nesta semana, foi assinado oficialmente o Plano Municipal de Promoção da Igualdade Racial do Guarujá (Plamir). A cerimônia aconteceu na sala de reuniões do Gabinete, no Paço Moacir dos Santos.

Igualdade racial 2

“A implantação do Plano é mais um marco desta gestão que tem como prioridade transformar Guarujá em uma Cidade cada vez mais igualitária e justa. Sonhamos em um dia não precisarmos mais criar leis para que todo ser humano tenha seus direitos atendidos”, declarou a secretária de Relações Sociais, Thaís Margarido.

Cartão transporte

A Guarda Civil Municipal de Guarujá fechou o cerco contra os “janelinhas”, como são conhecidas as pessoas que vendem irregularmente as passagens de ônibus na Cidade. Uma operação realizada na área de Vicente de Carvalho apreendeu oito cartões transporte. Dois indivíduos, sendo um menor, foram conduzidos à delegacia. A ocorrência foi registrada no 2º Distrito Policial de Guarujá.

Mesa no caminho?

O JDC tem recebido reclamações de munícipes que relatam a utilização indevida de calçadas por parte de alguns comércios e quiosques. Eles garantem que há abusos. Algumas fotos já foram enviadas para a redação. Estamos apurando para matéria especial sobre o tema que interfere diretamente na mobilidade urbana, especialmente, na vida dos deficientes físicos.

Unaerp

A Unaerp continua utilizando terreno e prédios públicos sem pagar aluguel e IPTU. Em troca, a universidade oferece apenas algumas bolsas de estudo (o secretário Renato Pietropaolo não informa quantas bolsas a universidade deu na sua gestão à frente da Sedel).

Unaerp 2

A documentação da “renovação” do contrato foi alvo de requerimento do vereador Fernando Peitola (PSDB), que já recebeu toda a documentação, mas ainda não revelou nada sobre o conteúdo. O JDC continua com espaço aberto para entrevistar o vereador sobre o tema.

Repercutiu

Deu o que falar nota publicada aqui em Bastidor sobre Topíssima, a nova novela da Record TV. Sophia, a protagonista do folhetim, é uma mulher empoderada e não admite que questionem suas atitudes. Ela dirige, com mãos de ferro, o Grupo Alencar, império de escolas e universidades da sua família. Por enquanto é isso.

#HOSPITALDONDOMÊNICO #HOSPITALSANTOAMARO #ROSANAVALE #URBANOBAHAMONDE #VÁLTERSUMAN #PREFEITURADEGU #camaraguarujá #RENATOPIETROPAOLO #secretariaeducação #PREFEITURADESANTOS #saúdeguarujá #THAISMARGARIDO #secretariaderelaçõessociais #GCM #citytransporteguarujá #contratounaerp #UNAERP #PRISCILLABONINI

Endereço: Av. Adhemar de Barros, 1.347

Sala 27 B - CEP 11.430.003

Telefone: (13) 99716-5052

Email: jornaldacidadelitoral@gmail.com

contato Comercial