Buscar

CONSELHO ESTUDA IMPLANTAÇÃO DE CENTRO DE ACOLHIMENTO ÀS PESSOAS LGBT+


O Conselho de Cultura – Concult, da Prefeitura Municipal de Santos, avalia o projeto, pioneiro na Baixada Santista, de instalação do primeiro centro de acolhimento às pessoas LGBT+ que foram vítimas de violência ou expulsas de casa.

Atualmente, o Concult e a Prefeitura Municipal estão trabalhando para mapear e elencar espaços públicos ociosos e que poderiam atender às demandas da população. Os órgãos responsáveis realizam, também, reuniões mensais e abertas à sociedade, a fim de discutir e organizar o projeto, a fim de que ele seja adequado às necessidades da população em risco.

De acordo com o presidente do Concult, Junior Brassalotti, cerca de 150 imóveis da Prefeitura de Santos foram mapeados e estão sendo estudados para que recebam o projeto. Uma das propostas é de que o prédio do antigo Ambulatório de Especialidades (Ambesp) na Rua Gonçalves Dias, no Centro da Cidade, seja utilizado para receber o espaço.

A proposta de instalação de um espaço de acolhimento está prevista no Plano Municipal de Cultura, sancionado em 2017. Além do mapeamento dos imóveis, a Concult realiza encontros mensais para a discussão de medidas destinadas à implementação do projeto.