Buscar

SERVIÇO DE INTERNAÇÃO E ASSISTÊNCIA DOMICILIAR TEM NOVA SEDE


O Serviço de Internação e Assistência Domiciliar - Siad, está novo local. A Prefeitura inaugurou oficialmente a nova unidade que fica Rua Buenos Aires, 226 - Vila Maia/Centro. Até o dia 26 de outubro, o Siad funcionava na mesma rua, mas no número 190, onde permaneceu por um ano. Era um local improvisado e não atendia as reais necessidades do serviço.

Segundo a coordenadora do Siad na Prefeitura, Tânia Cistina dos Santos Justino, mais uma vez o prefeito demonstra um olhar diferenciado com a Saúde do Município. “Foram 15 anos da vida dele como médico somente nesse serviço. Mesmo sendo um atendimento oneroso, o prefeito tem melhorado e investido no Siad. Atendíamos em uma espécie de garagem, com difícil acesso, inclusive, no atendimento de assistência social”, lembrou.

O Siad possui hoje um total de 30 funcionários, entre médicos (clínicos gerais); enfermeiros, técnicos de enfermagem, odontólogo, nutricionista, assistente social e fisioterape

uta.

A nova sede tem seis salas, o que inclui as de atendimento em assistência social e nutrição, administrativo, de enfermagem, entre outros. Emendas parlamentares municipais, estaduais e federais auxiliaram o Município na aquisição de ar condicionado, frigobar, geladeira, insumos e equipamentos, como por exemplo, a autoclave.

Agora, o almoxarifado está em local separado da área da dieta. O equipamento conta com uma recepção mais acolhedora e ampla, e entre as novidades está a criação das salas de esterilização – já que antes a equipe precisava se deslocar até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Enseada para esterilizar os instrumentos utilizados – e a sala de doação, um espaço para reunir uma série de materiais a serem entregues ao pacientes.

Melhorias – Desde o ano passado, a Prefeitura promoveu uma série de benfeitorias no Siad, como melhor estrutura ao cuidador, aquisição da dieta enteral - espécie de suplemento em pó e insumos para curativos.

Antes do programa um paciente crônico no Hospital Santo Amaro ficava entre 30 e 40 dias internado. Hoje, esse tempo caiu significativamente para 10 dias.