Buscar

PROFESSORA YEDA MARIA HÁ 51 ANOS TRANSFORMANDO ALUNOS EM PROTAGONISTAS DE UM MUNDO MELHOR

“Construir pessoas com valores para transformar um mundo melhor”. Essa educação transformadora foi o que pautou a professora e empresária Yeda Maria Morone Salgado, nestes 51 anos dedicados ao magistério. Junto a sua família, a professora construiu uma das mais reconhecidas unidades educacionais de Guarujá, o Colégio Yeda Maria.

Casada com Ariovaldo Salgado – o Guga, mantenedor do colégio, trabalhando junto com suas filhas Gabriela e Nathália, a nora Lia e seu filho Rodrigo, que como engenheiro projetou e construiu o prédio onde está localizada a unidade. Yeda se mantém firme e atuante para dirigir a escola que começou com 16 alunos e hoje conta com aproximadamente 500.

A história profissional da professora começou em 1967, quando iniciou o curso normal no Colégio Canadá, em Santos e terminou na Escola Raquel de Castro, no Guarujá.

“O magistério me encantou desde cedo. Minha mãe Iraci Morone, era servente do Grupo Escolar Vicente de Carvalho. Eu a ajudava, após o período de aula, a colocar a tinta nos tinteiros, desde cedo já vivia no ambiente escolar. Espelhava-me nos professores que tive e ainda tenho, como minha professora da pré-escola Alice Mazzini” detalha.

Yeda completou seus estudos em Santos, formada em Geografia e posteriormente em Pedagogia. “Não existia faculdade no Guarujá, sem barquinha, ônibus, conciliando horário de trabalho, enfim foi uma época difícil, mas como amava educação, superei todas as dificuldades” explica.

Na rede pública, Yeda trabalhou em escolas de Vicente de Carvalho, porém foi a Escola Municipal Almeida Junior o seu divisor de água águas. A profissional passou de professora para diretora e gestora da unidade por mais de 10 anos. O tempo que esteve a frente da escola até hoje traz reconhecimento por parte de pais e ex-alunos. Foi na Escola Afonso Nunes que ela encerrou sua carreira no setor público, aposentada em 1992.

COLÉGIO YEDA MARIA BUSCA INTEGRAR TECNOLOGIAS E VALORES MORAIS AOS ALUNOS

Depois de aposentada, Yeda concluiu que era o momento de sua realização: ter sua própria escola. “Um sonho que se sonha junto em família torna realidade. Minha família abraçou a ideia de ter minha própria escola. Há 29 anos demos início ao Colégio Yeda Maria e hoje nos consolidamos” diz emocionada.

Ela explica que a escola começou na Vila Júlia – bairro onde está instalado até hoje, numa casa de fundos com dois cômodos, uma cozinha e um quintal. “Eu venho de uma família idônea e humilde, construímos essa escola com muito trabalho. O crescimento veio pelo nosso nome e o trabalho que nos levou a ter um alto conceito dentro da área da educação. Eu tenho um trabalho diferente, sou conhecedora da educação, eu vivo educação, debato educação, tenho a educação no sangue. Vejo sempre uma educação futura, muito além, não paro, sempre procuro trazer inovações e o que há de melhor dentro desta área para minha escola” explica.

Passados 51 anos, Yeda não parou no tempo e mantém a busca constante por conhecimento para gerenciar sua escola. A professora que se tornou gestora viu o colégio crescer, o número de alunos aumentar e com eles os desafios de se tornar grande. Yeda explica que buscou um material didático diferenciado e uma proposta pedagógica alicerçada numa filosofia que completa o aluno como sujeito de seu processo de ensino e aprendizagem. A gestora faz questão de dizer que seus professores estão aptos a passarem aos seus alunos o aprendizado. Acompanhando a evolução tecnológica, todas as classes do Yeda têm lousas digitais, laboratórios e educação bilingue do infantil 1 até o quinto ano.

Ao mesmo tempo em que os estudantes contam com os apoios pedagógicos e tecnológicos, a diretora e o corpo docente da escola prezam os valores morais. “Na escola, uma vez por semana, os estudantes cantam o hino nacional. Devem dizer bom dia e boa tarde. Priorizamos os valores como respeito, amor ao próximo, solidariedade fraternidade” justifica e conclui exaltando sua trajetória: “sou muito feliz dentro da profissão que escolhi, tenho uma escola com marca consolidada na minha Cidade. Eu sou daqui, não vim de fora, por isso tenho orgulho quando os pais de quem passou por aqui lembram de mim com admiração”.

Posts recentes

Ver tudo

BOLETIM CORONAVÍRUS SANTOS

Santos, 19 de novembro de 2020 – 18h Casos confirmados: 24.422 Suspeitos: 393 Internações: 181 (80 em UTIs) Recuperados: 18.939 (1.271 hospitalares) Óbitos (confirmados): 742 (35 em investigação) Test

BOLETIM CORONAVÍRUS GUARUJÁ

Guarujá, 19 de novembro de 2020, às 18 horas ✅ Confirmados: 9.857 (1.182 em isolamento domiciliar e 21 internados) ✅ Curados: 8.209 ✅ Óbitos: 445 (14 em investigação) ✅ Descartados: 14.096 ✅ Suspeitos

Endereço: Av. Adhemar de Barros, 1.347

Sala 27 B - CEP 11.430.003

Telefone: (13) 99716-5052

Email: jornaldacidadelitoral@gmail.com

contato Comercial