Buscar

CONHEÇA OS CANDIDATOS A DEPUTADO FEDERAL E ESTADUAL

Deputado estadual

São candidatos a deputado estadual por Guarujá ou com ligação com a cidade Fernando Santos, do PMN, Gilberto Benzi, do PR, Marcos Ogan, do PMN, Toninho Rodrigues, do PROS, e Vinícius Pescoço, do PHS.

Deputado federal

Vereadora Andressa Salles, do PSB, Angélica Mariano, do PTB, Evandro Cabral, do PMN, deputado Marcelo Squassoni, do PRB, (tentará a reeleição), Professor Betinho, do PMN e Severino Laurentino, do PROS. Caso haja candidatos não citados na listagem, enviar nome e cargo disputado para jornaldacidadelitoral@gmail.com.

Figueiredo do PHS...

Que mantém escritório político há algum tempo no Guarujá é candidato a deputado federal. Ele defende a legalização do jogo no Brasil e possui residência na cidade há décadas.

Governador

O economista do Guarujá Cláudio Fernando é candidato ao governo do Estado pelo PMN. Ele é um dos diretores da TV Ilha do Sol.

Ainda podem ser

Pelo menos por enquanto os nomes da primeira-dama Edna Suman, do PSB, e da ex-deputada Haifa Madi, do Podemos, ainda não aparecem como candidatas para deputada estadual.

Ainda podem ser 2

A legislação eleitoral em suas resoluções, entretanto, autoriza a substituição de candidatos após o prazo final dos registros. Isso pode ocorrer até vinte dias antes do pleito. Haifa, que está retornando da Europa, e Edna, que cuida da saúde de familiares, ainda podem sim entrar no jogo.

Repercutiu...

E muito, a matéria de capa da última edição do JC, onde o presidente da Câmara Edilson Dias, do PT, falou sobre o escândalo da nota fiscal da Appe´s Night Club, apresentada por uma comissão de vereadores nas contas do ano de 2015 e que tomou pau do Tribunal de Contas.

Já cortou

O foco da entrevista, entretanto, foi voltado para as ações tomadas pelo presidente Edilson quando assumiu a presidência. Hoje, um caso desse não se repete pois Dias proibiu vários gastos, inclusive com passagens aéreas, hotéis e outras despesas, além de cortes em horas extras e diminuição significativa nos valores dos contratos da Câmara com fornecedores. Com as ações de economia do presidente, será possível devolver para a prefeitura até o final deste ano R$ 10 milhões de reais.

Edilson vice?

Pela atuação como gestor na Câmara, o nome do presidente Edilson já é cotado para compor como vice de uma candidatura de um forte candidato à reeleição ou não. Aguardemos.

Pé de barro

Para parte da assessoria do deputado federal Marcelo Squassoni, do PRB, a vereadora e candidata a deputada federal Andressa Salles, do PSB, seria “uma pedra no sapato” do deputado Federal. Ela frequenta e possui forte penetração nos bairros pobres, justamente onde Squassoni também busca votos.

Só no asfalto?

“Sorte que o deputado Marcelo Squassoni anda pouco nos bairros pobres”, brincou um munícipe presente à Câmara nesta semana. No asfalto, ninguém suja o sapato.

Rejeição

O candidato a deputado estadual pelo PR, Gilberto Benzi, deve aproximar sua candidatura à do deputado Marcelo Squassoni, do PRB. Fará um péssimo negócio pois, na visão dos analistas, ao se aproximar de Squassoni, Benzi pegará a rejeição do deputado.

Hospital público

Entre as promessas do deputado Squassoni que pesarão contra Benzi numa aproximação com o deputado está a questão do Hospital Público para Vicente de Carvalho. Prometido por Squassoni e não cumprido. Isso, sem contar com os polêmicos R$ 52 milhões que o deputado diz ter trazido para a cidade e que só ele parece acreditar.

Yellow Tour

Apesar dos escândalos recentes (e antigos) e ações na Justiça, entra governo, sai governo e a Yellow Tour continua prestando serviços para a Prefeitura. Firme e forte. Até quando?

Shows na praia

Nas redes sociais já há divulgação sobre a realização de grandes shows no verão com artistas de renome nacional. Como agora é a prefeitura quem administra as praias, não se sabe se os mega-shows serão na areia ou em área particular.

Sem resposta

O JC enviou sete perguntas para a PMG solicitando alguns dados e providências sobre o contrato entre Prefeitura e Unaerp. A prefeitura, além de retornar fora do prazo, respondeu de forma quase incompleta.

Sem resposta 2

Na verdade, dos sete questionamentos, apenas dois foram respondidos, mesmo assim de forma genérica e incompleta. O prefeito, com certeza, não tem conhecimento dessa falta de respostas. Algumas delas até simples, mas que a população tem o direito de saber. E a Prefeitura, a obrigação de informar. Ficamos no aguardo.

Constrangimento

A divulgação em sites especializados em direito de que a Câmara de Guarujá é a sexta colocada entre as Casas de Leis que mais produzem leis inconstitucionais pegou mal. São aqueles casos em que os políticos locais querem jogar para o público. Apresentam e aprovam leis que eles mesmos sabem da inconstitucionalidade, mas ganham o voto da população.

Guerra fria

Existe uma “guerra” fria e silenciosa nos bastidores entre o atual presidente da Câmara, Edilson Dias, do PT, e o ex-presidente e também vereador Wanderley Maduro, do PPS. O motivo? Espaço político e a eleição da presidência. Ainda dá para compor.

Endereço: Av. Adhemar de Barros, 1.347

Sala 27 B - CEP 11.430.003

Telefone: (13) 99716-5052

Email: jornaldacidadelitoral@gmail.com

contato Comercial