Buscar

CONFIRA NOVA EDIÇÃO DO JORNAL DA CIDADE LITORAL


Daniel Carnio é o ‘Juiz do Ano’ eleito

pela Ordem dos Economistas do Brasil

Juiz desenvolve um trabalho com alto índice de sucesso em recuperações judiciais, chegando a 80% em sua Vara, contra um índice de 10% de média nacional

O juiz Daniel Carnio Costa, atualmente o titular da 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais de São Paulo, recebeu o prêmio de jurista do ano de 2018, pela Ordem dos Economistas do Brasil (OEB) e pelo Conselho Regional de Economia de São Paulo (Corecon-SP). A entrega da premiação acontece em 13 de agosto, durante solenidade do Prêmio Economista do Ano, no Dia do Economista.

O magistrado, que possui residência fixa em Guarujá, foi juiz na Ilha de Santo Amaro entre os anos de 2004 e 2007. Atualmente, é professor de direito empresarial da PUC/SP e coordenador/professor da pos-graduação em falência e recuperação de empresas da Fadisp.

A premiação se deu em razão do trabalho que o juiz vem desenvolvendo na recuperação de empresas, o que tem gerado um impacto prático muito positivo na economia nacional. As inovações que vem criando para as boas práticas judiciais, e a revolução silenciosa que o magistrado vem promovendo nessa área de falência e recuperação judicial, com uma conduta baseada na ética e na transparência, foram os requisitos que levaram o juiz a ganhar o processo competitivo da eleição.

Dentre nomes de juristas de todo o brasil, Daniel Carnio teve unanimidade para levar o prêmio, dentre os integrantes do Conselho Federal da Ordem dos Economistas, que conta com grandes economistas como Delfim Neto e Mailson da Nóbrega.

Casos famosos e de repercussão nacional passaram pela mão do juiz, como a falência da Vasp que teve uma mudança de rumos, e o processo acabou entrando nos eixos com a retirada dos aviões dos aeroportos e pagamento dos credores trabalhistas. Outras recuperações judiciais como a Daslu, da LBR, e a falência do Banco BVA, também tiveram aplicadas medidas que deram certo pelo juiz Daniel Carnio que, segundo ele, desenvolve um trabalho com alto índice de sucesso em recuperações fiscais, chegando a 80%, contra um índice de 10% de média nacional.

“Me sinto muito feliz com a indicação e com o prêmio, principalmente porque vem da Ordem dos Economistas do Brasil e não da Ordem dos Advogados. São os economistas reconhecendo o bom trabalho realizado em função dos impactos econômicos”, afirmou o juiz Daniel à reportagem do Jornal da Cidade.

Quem é o Juiz Daniel Cárnio Costa?

O juiz Daniel Carnio é casado com Rosana Garrido, é graduado em direito pela USP

*Mestre pela FADISP, doutor pela PUC/SP

*Mestre em direito comparado pela Samford University (EUA)

*Pós-doutorado na Universidade de Paris 1 - Pantheon/Sorbonne,

*Professor e coordenador da Autumn School da Universidade de Paris 1 - Pantheon/Sorbonne

*Membro titular da Academia Paulista de Magistrados, da Academia Paulista de Direito e da Comissão de Juristas formada pelo Ministério da Fazenda, para reforma da Lei de Recuperação e Falências

* Faz parte do Judicial Insolvency Network (JIN)

*Membro da INSOL e do International Insolvency Institute

*Editor do International Journal of Insolvency Law

*Editor da INSOL Word Magazine

* Autor de diversos livros e artigos publicados no Brasil e no exterior

* Palestras internacionais: EUA (New York, Washington, Miami e San Diego), Canadá, México, Uruguai, Moçambique, Cabo Verde, França, Inglaterra (Londres, Oxford e Cambridge), Rússia, Dubai e Austrália. Para 2018 já estão agendados Portugal e Itália.

Endereço: Av. Adhemar de Barros, 1.347

Sala 27 B - CEP 11.430.003

Telefone: (13) 99716-5052

Email: jornaldacidadelitoral@gmail.com

contato Comercial