Buscar

BASTIDOR POLÍTICO


Dória atrapalhando

O prefeito de São Paulo João Dória, do PSDB, deve imaginar que a população seja incapaz. Na regulamentação do transporte por aplicativos (Uber, 99 e Cabify) fala em quais roupas devem ser usadas pelos motoristas.

“Gênios de Brasília”

No Congresso, um bando de chupins também está enfiando o dedo no que está funcionando. No Brasil é assim: algo deu certo e é bom para a população, eles querem estragar tudo. Bando de incompetentes.

Galho em galho

João Dória, aliás, parece querer ser governador de São Paulo. Nem bem esquentou a cadeira de prefeito e já quer pular de galho para o governo do Estado.

Você come capim?

Na Baixada Santista, quem votar no candidato do PSDB ao governo do Estado deve comer capim. Afinal, há mais de duas décadas tratam a todos nós moradores da região como burros.

Cadê a ponte?

O que todos os eleitores precisam cobrar dos candidatos do PSDB é uma promessa: Cadê a ponte, cadê o túnel entre Santos e Guarujá? O dinheiro que o PSDB já gastou com projetos, maquetes e desenhos para a obra já daria para construir pelo menos metade dela.

PMG acertou...

Ao desenvolver parceria com o Sinprecon (Sindicato Condomínios) para colocar lixeiras nas praias. Uma ideia simples, barata e eficiente. Agora, jogarão lixo na areia apenas os porcos.

PMG errou...

Ao, mais uma vez, trazer uma “Feira do Livro” herança maldita da gestão anterior, montada no meio da Praça das Bandeiras em plena Praia de Pitangueiras. Nem da cidade o comerciante é. E vende livros à baciada R$ 10,00 de frente para o mar. Muito feio para a cidade.

Não combina

Arte é uma coisa; comércio, outra. Alguns parques de diversão na cidade teriam confundindo alhos com bugalhos. Licença para parque, não é permissão para comércio de alimentos. A administração atual, felizmente, está acabando com esse problema.

O sucesso...

De público de alguns parques na cidade no ano passado contrastam com as reclamações dos caríssimos valores cobrados por um simples lanche para a população. Tinha boi na linha?

Lição

Do ano passado, fica a lição para o Executivo e o Legislativo de que não adianta ficar “jogando para o público”. O judiciário está ai para acabar com dúvidas e decretar inconstitucionalidade do que é ilegal.

Mais experiente

Após um ano à frente do Executivo, gente próxima ao prefeito Válter Suman, do PSB, notou certo amadurecimento do prefeito. Em 2018, por exemplo, dificilmente ele irá sancionar lei para agradar a parlamentar candidato a deputado.

Retorno da Câmara

Na terça feira, dia 6 de fevereiro, está previsto o retorno dos trabalhos na Câmara de Guarujá. Projetos aprovados na Casa e decretados inconstitucionais pela Justiça devem ter parte da atenção nos primeiros dias do retorno.

Julgamento

Nos bastidores o que se fala é que será julgado até o dia 10 de fevereiro, os embargos de declaração do vereador Júnior Telles, do PPS, contra decisão colegiada do TRE de São Paulo.

Recurso no TSE

A etapa do TRE, nos bastidores, já é considerada desfavorável ao vereador, pois os embargos seriam protelatórios apenas. Teles perdendo, caberá recurso do vereador (ou do MP) para o TSE. Entretanto, se não obtiver liminar, nessa fase do processo poderá ser afastado do cargo.

Maduro assume?

Sem liminar, quem assume a cadeira de Teles é o ex-vereador e presidente da Câmara Vanderley Maduro dos Reis, suplente do PPS. Para amigos, o vereador Teles diz estar “tranquilo e confiante na Justiça”. Aguardemos.

Vinte anos depois?

Na cidade há cerca de duas décadas usando prédio e terreno públicos, sem pagar IPTU nem aluguel, a Unaerp Guarujá não demonstrava interesse de abrir curso de medicina na cidade. A coisa parece ter mudado quando a Unoeste venceu o certame do MEC e está prestes a abrir sua faculdade de medicina no HSA.

Desigual aos iguais?

Nos bastidores, gente ligada à Unaerp informou ao JC que a Unaerp também quer abrir curso de medicina em Guarujá. Detalhe: a Unoeste ( de Prudente) já reformou o HSA, comprou terreno particular na Enseada, elaborou projeto para sede própria e pagou todas as taxas na PMG. Tudo isso em apenas um ano.

Fechou?

Ao que tudo indica, a unidade Don Domênico que funcionava no período noturno no prédio do Ninho Maternal encerrou suas atividades. A informação é de funcionários do local. Tentamos, sem sucesso, contato com a direção da Faculdade para confirmar fechamento.

Banda Pitangueiras

Osmar do Fórum informando que a Banda Pitangueiras sairá no sábado, dia 10 de fevereiro, às 19:30 horas, em frente ao Avelino´s Praia. Parte da renda da venda dos abadas, que custam R$ 20,00, será revertida para o CRPI.

Chapéu dos outros

Enquanto o trabalhador, simples mortal, tem que se contentar com um reajuste salarial de menos de 2% o Sindserv quer que a PMG, ou seja, a população pague um aumento de quase 10% aos funcionários públicos da PMG. Assim: a população, que receberá 2% de reajuste, pode ter que pagar até 10% aos funcionários da PMG? Tire suas conclusões, leitor.

Endereço: Av. Adhemar de Barros, 1.347

Sala 27 B - CEP 11.430.003

Telefone: (13) 99716-5052

Email: jornaldacidadelitoral@gmail.com

contato Comercial