Buscar

BASTIDOR POLÍTICO


Projeção

A função de vice-líder do governo de Michel Temer, do PMDB, pode ser um sacrifício, devido à rejeição popular do presidente. Entretanto, não há como negar que o deputado federal santista Beto Mansur, do PRB, participa e influencia efetivamente na política nacional. Para o bem ou para o mal.

Febre Amarela

As pessoas que não irão às regiões de risco de contrair febre amarela (matas e cidades com casos confirmados) não têm motivos para pânico ou correrem para vacinação.

Febre Amarela II

Os riscos maiores na cidade continuam sendo os de sempre: dengue, chikungunya e zika vírus. Todos transmitidos pelo já famoso mosquito aedes aegypti, que não é eliminado por culpa do poder público, mas principalmente, de quase todos nós.

Derrotados

Nos bastidores da política muito se fala que se o deputado Federal Marcelo Squassoni, do PRB, depender da experiência de parte da assessoria para sua reeleição estará morto.

Derrotados II

Entre os assessores do deputado existiriam meia dúzia de candidatos derrotados nas eleições municipais, onde não conseguiram se eleger ou reeleger vereadores. Vai vendo.

Milagre?

Teve gente que estranhou a presença do deputado Squassoni nas festividades do Dia de Santo Amaro. Pensaram em milagre, afinal ele andava sumido da cidade. Mas ai, alguém lembrou que estamos em ano eleitoral. O deputado aproveitou e pegou uma “caroninha” ao lado do prefeito.

Fortalecendo

O prefeito Válter Suman, do PSB, tem feito o possível para dar musculatura ao seu governo já no início deste segundo ano de mandato.

Ano eleitoral

O esforço e trabalho do prefeito e de parte de sua equipe, até o momento, têm sido reconhecidos pelos munícipes. Mas ele tem ciência que as cobranças aumentarão a cada dia, especialmente em ano eleitoral.

No segundo tempo

Quem conhece um pouco de política sabe que se o prefeito Suman tiver algum candidato, do coração, de sua preferência, isso só será anunciado aos 48 minutos do segundo tempo das eleições, no limite dos prazos estabelecidos pela legislação eleitoral. Antes disso, só se for forçado. Ai não é “do coração”.

Quem tem cargo...

De ministro, secretário estadual, municipal... e quer ser candidato, pela legislação, precisa se afastar seis meses antes da eleição, ou seja, final do próximo mês de março, início de abril agora.

Primeira peneira

Como o domicilio eleitoral do candidato (um ano antes) não é tão importante na eleição de outubro próximo, a desincompatibilização de secretários é a primeira peneira para clarear o cenário político.

Primeira peneira II

Também é “primeira peneira” o prazo para filiação de quem queira ser candidato, que também é de seis meses. Mas aqui tem peixes pequenos, e apenas alguns grandes escondidos no meio.

Seis meses

Faltam apenas seis meses para o início das convenções eleitorais para a escolha dos candidatos a presidente e vice-presidente da República, governador e vice-governador, senador e suplentes, deputado federal, deputado estadual ou distrital que ocorrem entre os dias 20 de julho e cinco de agosto próximos.

Cinco meses

Para o início da Copa do Mundo da Rússia, faltam cinco meses. É, teremos ano cheio com eleições e copa. Não será fácil para os candidatos sem estrutura.

PMG acertou

Acertou a PMG ao criar o Centro de Capacitação da APAAG, um projeto direcionado para jovens especiais, com oficinas de geração de renda, vínculo empregatício, emprego apoiado e oficina de convivência. O local, segundo a prefeitura, contará com apoio de profissionais especializados.

PMG errou

Pais e mães de crianças especiais sabem há anos da falta de professores especializados na PMG. Pois bem, a prefeitura abriu concurso e destinou apenas duas vagas imediatas para professores de alunos especiais. É quase nada.

Constrangimento

A população aplaudiu o discurso do prefeito Válter Suman na entrega da nova Avenida Raphael Vitielo: “Sabemos que a população vivia um momento de indignação nos últimos anos, onde nada acontecia e não havia perspectiva de melhora. Foi com muito trabalho que estamos conseguindo mudar a situação neste primeiro ano de mandato... vamos buscar muito mais”. No local, quem ficou constrangido foi o secretário Adilson Jesus, ex-candidato e homem forte do governo da ex-prefeita que acabou com a cidade.

Humilhação política

Adilson Jesus não foi só o candidato a prefeito derrotado da ex-prefeita Antonieta, com apenas cerca de cinco mil votos. Após perder a eleição, reassumiu secretarias importantes e representou Antonieta na transição até o último dia do governo dela. Nesse cenário, não são poucos os assessores ligados ao atual governo que gostariam que o secretário Adilson pedisse para sair.

Sem renovação

O contrato principal da Unaerp vence em 2022. Nele há uma cláusula que previa a renovação antecipada dele ou não cinco anos antes do seu término, ou seja, ano passado.

Risco de retomada

Como PMG e Unaerp não entraram em acordo, resta saber se a universidade irá abrir ou não novas turmas. E, se abrir, irá avisar aos novos alunos da graduação os riscos que eles podem correr da possível retomada do prédio pela PMG?

#DEPUTADOBETOMANSUR #DEPUTADOMARCELOSQUASSONI #VÁLTERSUMAN #ADILSONJESUS #ELEIÇÃO2018GUARUJÁ #LITORALSP #VEREADORESGUARUJÁ #DEPUTADOS #SUMAN #POLÍTICALITORAL

Endereço: Av. Adhemar de Barros, 1.347

Sala 27 B - CEP 11.430.003

Telefone: (13) 99716-5052

Email: jornaldacidadelitoral@gmail.com

contato Comercial