Buscar

BASTIDOR POLÍTICO 06 JANEIRO 2018


Entrevista

Na entrevista sobre o Plano de Metas para 2018, na PMG, o prefeito Válter Suman, do PSB, abordou vários temas (leia matéria na página 3) e demonstrou otimismo para o ano que se inicia. Ele citou nominalmente os deputados Squassoni, do PRB, e Caio França, do PSB.

Constrangido?

Por falar em reunião com entrevista na PMG, na sala de reuniões, onde estavam todos os secretários, Adilson Jesus, de Infraestrutura e Obras parecia constrangido, envergonhado, incomodado, cabisbaixo. Adilson foi supersecretário, homem de confiança e candidato derrotado da ex-prefeita Antonieta, que acabou com a cidade.

Pede para sair

Uma influente fonte da PMG disse para o JC que “O nome de Adilson ficou muito colado na gestão da ex-prefeita Antonieta. Ele era de estrita confiança dela. Adilson faria um favor se pedisse para sair”.

Contra Guarujá?

O centenário “Jornal A Tribuna” parece ter envelhecido. Em suas páginas, nas bancas, algumas notícias atrasadas que já foram publicadas em outros jornais retiram um pouco do prestígio do tradicional Jornal. O jornal, que é diário, chega a ser “furado” até por jornais semanais da região.

Contra “A Tribuna”?

Gente ligada a movimentos sociais e partidos políticos da cidade está estranhando as contínuas e severas críticas do Jornal A Tribuna sobre Guarujá. Os mais exaltados falam em possível “perseguição” contra a cidade e defendem uma campanha com adesivos para carros e nas redes sociais onde citariam o jornal. É preciso calma, mas hoje, com as redes sociais, os tempos são outros.

Eleva autoestima

O governo Antonieta de Brito afundou a cidade e teve ano sem queima de fogos na cidade, frustrando moradores e visitantes. Esse ano, a queima de fogos do Guarujá foi elogiada por quem esteve nas praias. É isso, Guarujá precisa reassumir seu protagonismo sem medo.

Não renovou

A PMG e a Unaerp não chegaram a um acordo sobre a renovação do contrato até o final de dezembro de 2017, cinco anos antes do seu término, como previa o contrato. Juristas dizem que PMG não pode renovar o contrato sem licitação por se tratar de prédio e terreno públicos. Prometem entrar na Justiça.

Retomada do prédio

Em entrevista exclusiva ao JC o secretário de Governo Gilberto Venâncio disse que a retomada do prédio da Unaerp poderia abrigar vários setores da prefeitura que hoje pagam aluguel. A economia anual seria de R$ 7.200 milhões para a PMG. A Unaerp não paga aluguel, nem IPTU e, em 2017, deu apenas 14 bolsas de estudo, segundo informação da própria PMG.

Otimismo

Assistindo às belas imagens dos fogos de Guarujá, moradores e veranistas falaram sobre esperança de dias melhores para a cidade. Afinal, “A gente não quer só comida, a gente quer comida, diversão e arte”.

Aquecimento

Diferente de eleições anteriores, quando os pré-candidatos só se apresentavam em ano eleitoral após o carnaval, nomes pipocam pela cidade já no início de 2018. Com calendário eleitoral apertado e engessado, além da Copa do Mundo, os candidatos sabem que começar agora só é cedo para os que queiram perder a eleição.

Acreditem

Uma fonte muito próxima à ex-prefeita Antonieta de Brito, do PMDB, informou ao JC que ela será candidata à deputada federal neste ano.

Inelegível?

Se for realmente candidata, a ex-prefeita Antonieta deve concorrer com liminar judicial, pois teve várias contas rejeitadas pela Câmara o que, em tese, a torna inelegível.

Não é matemática

A rejeição do governo Antonieta foi comprovada nas urnas, onde o candidato que ela apoiou e defendeu o governo dela, Adilson de Jesus, teve pouco mais de cinco mil votos. Mas aguardemos. Afinal, política não é matemática.

Mulheres candidatas

Anote ai, Guarujá terá pelos menos cinco mulheres conhecidas no mundo político, candidatas a deputada. Outras anônimas podem surgir.

Expectativa

É grande a expectativa para saber os nomes que o prefeito Válter Suman, do PSB, irá apoiar para deputado federal e estadual da cidade. Haverá surpresas?

É verdade?

Um vídeo de “prestação de contas” do ano de 2017 do deputado Marcelo Squassoni, do PRB, causou polêmica. Especialmente os milhões de verbas “enviadas ou articuladas” pelo deputado para a área da Saúde da cidade. O JC está apurando se os valores são reais e se eles efetivamente foram recebidos pelos beneficiários da forma como divulgou o deputado.

Melhorou balsas?

No mesmo vídeo do deputado ouve-se um absurdo: que squassoni “melhorou” o sistema de balsas da travessia Guarujá-Santos. É por isso que dizem que o deputado é ausente da cidade. Todos sabem que as filas pioraram em 2017. Nas últimas semanas, as filas foram responsáveis pelo travamento total do trânsito da cidade.

E o hospital público?

No vídeo, o deputado Squassoni não fala nada sobre o prometido Hospital de Vicente de Carvalho.

Nem quando fala das perspectivas para 2018. O eleitorado vai cobrar.


Endereço: Av. Adhemar de Barros, 1.347

Sala 27 B - CEP 11.430.003

Telefone: (13) 99716-5052

Email: jornaldacidadelitoral@gmail.com

contato Comercial