Buscar

GCM pode estar armada na próxima temporada de Verão

Agentes devem passar por exame psicológico e treinamento em centro especializado

A Guarda Municipal de Guarujá pode estar armada já na temporada de Verão 2017/2018, que começa em dezembro. A expectativa surge após o Decreto 12.381 publicado em diário oficial, na última quarta-feira (25), que regulamenta o uso de arma de fogo para os agentes que integram a instituição. O decreto estabelece critérios e condições para porte de arma de fogo, entre eles está a obrigatoriedade do teste de capacidade psicológica a cada dois anos.


Para ter autorização para o porte, o guarda deve comprovar a realização de um treinamento técnico de no mínimo 60 horas para porte de armas de repetição e 100 horas para porte de armas semi-automáticas. O profissional também será submetido à requalificação profissional com, no mínimo, 80 horas por ano. O planejamento e a execução do treinamento serão de competência da GCM.


“Uma parte da guarda já passou por exame psicológico e outros também vão fazer”, afirma o secretário de Defesa e Convivência Social de Guarujá, Luiz Cláudio Venâncio Alves, ressaltando os próximos passos para a concretização do armamento.

Depois dos exames acontece o treinamento em centro especializado, assinatura de um convênio com a Polícia Federal e por fim procedimentos administrativos. “Se correr tudo dentro do que estamos planejando, a expectativa é finalizar essas etapas até o início da temporada de verão”, afirma o titular da pasta.


O prefeito anunciou o decreto à corporação na noite de terça-feira (24), durante a abertura da Semana da Guarda, no Teatro Procópio Ferreira, que contou com uma extensa programação em homenagem aos homens que estão na ativa e aos que já se foram.


“A farda torna vocês um alvo, e estamos trabalhando para que tenham melhores condições no exercício do ofício. O decreto é um passo importante nesse sentido”, disse o chefe do Executivo.


A Guarda Municipal foi criada pela Lei 2730, de 26 de outubro de 1999, com o objetivo de zelar pelos próprios públicos e colaborar com a preservação da ordem e da segurança pública. A primeira turma iniciou suas atividades em 19 de abril de 2000.